APAE Anápolis

“Central Solidária” da APAE busca apoio da comunidade anapolina

Associação pretende alcançar um maior número de contribuintes para custear as despesas de sua unidade educacional

“Precisamos ajudar instituições que prestam um serviço correto e de qualidade, por isso coopero com o trabalho da APAE”, é como avalia o publicitário Taylor Prudente, que contribui mensalmente com a associação através de sua Central Solidária. ( Contexto)

“Central Solidária” da APAE busca apoio da comunidade anapolina

Mes de Vacinação - Prefeitura de Anápolis

“Precisamos ajudar instituições que prestam um serviço correto e de qualidade, por isso coopero com o trabalho da APAE”, é como avalia o publicitário Taylor Prudente, que contribui mensalmente com a associação através de sua Central Solidária.

A Central, que completou um ano de funcionamento em junho, foi implantada devido à necessidade que a instituição tem de garantir outras fontes de captação de recursos, que possibilitem a manutenção da Escola Maria Montessori.

De acordo com o presidente da entidade, Hélio José Lopes, os repasses que a escola da APAE recebe do governo federal, estadual e municipal, somam aproximadamente 100 mil reais por ano, enquanto as despesas giram em torno de 120 mil por mês. A previsão para 2018 é de que a unidade educacional tenha um gasto de quase um milhão de reais.

“Por isso, todos os eventos que realizamos, como o Baile da Amizade, Bazar da Receita Federal, Churrasco, Festa Junina, dentre outros, têm a quantia arrecadada voltada para cobrir esse déficit”,

explica o presidente, que faz um apelo à comunidade anapolina para que

“abra as portas do seu coração e nos ajude, porque temos essa necessidade”.

O coordenador da Central, Cássio Felipe Correia, pontua que o projeto busca alcançar pessoas que se solidarizem e desejem cooperar com a evolução das potencialidades de cada um, dos mais de 600 alunos, beneficiados pela escola apaeana.

“Além de apoiar o desenvolvimento, a inclusão social e a garantia dos seus direitos”, destaca.

Cássio pondera que os resultados do projeto aumentam à medida que a solidariedade das pessoas também aumenta. “A cada sim que nossas operadoras recebem nas ligações, cresce em nós a esperança de que, num futuro breve, os recursos deste projeto alcancem a meta estipulada”, declara.

A instituição apaeana, que há 49 anos atua na cidade, teve seu trabalho iniciado com a fundação da Escola Maria Montessori. Atualmente também conta com Laboratório, Ambulatório e unidades de reabilitação intelectual, física e auditiva. Foi classificada, pelo Instituto Doar e Revista Época, como a melhor ONG (Organização Não Governamental) do segmento no Centro-oeste, estando também entre as 100 melhores do país.

Em breve a instituição planeja implantar o projeto “Empresa Amiga da APAE”, uma certificação digital social que reconhece as empresas que colaboram mensalmente com os projetos da associação.

“O objetivo desta certi¬ficação é agregar um diferencial positivo às empresas participantes, gerando reconhecimento pelo valor social da organização perante os seus consumidores, funcionários e clientes”, conclui Cássio.

Torne-se um contribuinte da APAE!
Se você se interessa em motivar ações de inclusão à pessoa com deficiência e respeito às diferenças, pode se tornar um contribuinte da Central Solidária da APAE!

Basta acessar o site da instituição apaeaps.org.br e fazer sua doação direta ou cadastro, para que a Central entre em contato com você. Outra forma para obter maiores informações é ligando para o 3701-2525.

Confira alguns depoimentos de quem apoia e acredita na causa:

-Irene Mendonça Torres, Aposentada
1ª doadora fidelizada pela Central Solidária da APAE
“Quando me ligaram da APAE propondo que me tornasse uma contribuinte, me dispus na hora! Aprendi com meus pais a, dentro das minhas possibilidades, sempre ajudar. Isso me faz feliz!”

-Taylor Prudente, Publicitário
“A Central Solidária funciona há um ano, mas o trabalho da APAE têm décadas e é muito bem feito. Os funcionários da instituição se importam com todos os alunos e pacientes que atendem. Por isso sou um contribuinte da APAE.
Também aprovo a iniciativa de tornar a Central mais conhecida, porque dessa forma as pessoas têm maior clareza sobre o assunto, sem recear que se trate de algum golpe ou trote.”

-Cássio Henrique Alves, Auxiliar Administrativo
“Senti vontade em contribuir com o trabalho da APAE, porque percebo que hoje em dia as pessoas têm perdido o costume de ajudar, e é muito gratificante ajudar o próximo.”

A APAE em númerosAcompanhe quanto a Unidade Educacional da APAE recebe em verbas do Estado*

VERBA FEDERAL:
Programa Dinheiro Direto Na Escola (PDDE) Em torno de R$ 1.500,00/Mês

VERBA ESTADUAL:
R$ 3.975,OO/Mês
Destinado à compra de pão e leite

VERBA MUNICIPAL:
Em torno de R$ 4.200,00/Mês
Destinado à compra de Merenda (Arroz, feijão, etc.)

*Valores recebidos por 10 meses, tempo letivo da escola.

 

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Leave a Comment

    Protected by WP Anti Spam