Prefeitura Anápolis trabalhando

Prefeitura Municipal contempla comunidade com Projeto Audiovisual exemplo a ser seguido

É de suma relevância ao se tratar das oficinas “Alfabetização audiovisual”, visando desenvolver habilidades cognitivas, criativas e comportamentais.

No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons. ( Fotos: ASCOM )

Prefeitura Municipal contempla comunidade com Projeto Audiovisual exemplo a ser seguido

Mes de Vacinação - Prefeitura de Anápolis

O projeto Alfabetização Audiovisual é fruto do proposta contemplada pelo fundo Municipal de Cultura em 2017.

No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons.

Portanto, o projeto traça como objetivo de propor aos nossos alunos por meio de oficinas a base teórica e a prática da linguagem audiovisual.

O papel da escola cumpre as funções que são lhe dadas pela sociedade atual. O compromisso fundamental da educação escolar na tendência renovada acentua no sentido da cultura como desenvolvimento das aptidões individuais (Libâneo, 1992).

Entretanto, a educação também é um processo interno porque ela parte das necessidades e interesses individuais necessários para adaptação do aluno para ao meio.

A educação é a vida presente é parte da própria existência humana, ou seja, é baseado na estimulação.

A tendência renovada propõe um ensino centrado no aluno e no grupo, no qual as tentativas experimentais, as pesquisas, a descoberta, o estudo do meio social e natural.

É importante ressaltar que a educação atual, na maioria das escolas parte da tendência tradicional, aonde são raras as situações em que o aluno é estimulado a raciocinar sozinho, isto é, o aluno não é visto como construtor do conhecimento porque trabalha basicamente com a transmissão de informações, cabe ao professor transmitir os conhecimentos para o aluno.

Assim a predominância da palavra é do professor, das regras impostas, do cultivo exclusivamente intelectual. A aprendizagem é receptiva e mecânica, sem considerar as características próprias de cada idade.

Dado isso, o objetivo desse presente projeto propõe através de oficinas uma base teórica e pratica para a ampliação da participação da comunidade na escola pública.

Desenvolvendo as tecnologias no ensino e valorizando o contexto sócio cultural de cada aluno, tais como o uso do conceito audiovisual câmera e vídeo das mídias móveis.

É de suma relevância ao se tratar das oficinas “Alfabetização audiovisual”, visando desenvolver habilidades cognitivas, criativas e comportamentais. A linguagem cinematográfica pode ser desenvolvido na construção critico-social dos conteúdos culturais a partir da realidade histórica e social, ou seja, o aluno terá uma relação direta com a experiência do saber sistematizado a partir das estruturas cognitivas.

A partir dessa analise percebemos que o cinema coopera para o desenvolvimento sócio cultural do ser humano. Desde avanço da “Era Digital” o audiovisual teve grandes impactos, mudando no cinema todo processo que envolve o roteiro, a pré e pós-produção.

Assim, nossos alunos vão compreender na prática a linguagem cinematográfica, tendo como base a leitura crítica da sociedade contemporânea.
Dado isso, vamos desenvolver juntamente com nossos alunos o roteiro do filme, assim capturamos as ideias e imaginação dos alunos e com isso construir um roteiro com a participação do coletivo.

Dando prosseguimento com as aulas, a próxima etapa insere uma linguagem técnica do audiovisual, no qual nossos alunos vão aprender captação de imagem em cinema e vídeo, técnicas de exposição, direção de fotografia, enquadramento, foque e iluminação.

Portanto, se inicia o processo de construção do filme, por meio do roteiro elaborado em aula.

Contudo, para finalizar o processo, vamos capacitar nossos alunos a produzir vídeo em edição não-linear, juntamente com os efeitos e finalização do material. Assim se tornando possível o aprendizado dos conceitos e ferramentas do audiovisual.

Este constitui um instrumento de luta, por excelência, para a elaboração desse presente projeto social, papel secundarizado pelas tendências pedagógicas, ao privilegiarem a consciência política e as experiências democráticas e coletivas de organização social.

Este presente trabalho visa por meio de oficinas, trazer a aproximação e autonomia dos alunos para a linguagem cinematográfica com base teórica e exercitada.

Assim ampliando a participação da comunidade na escola pública.

Nessa perspectiva capacitando nossos alunos para participar do Festival de Cinema da cidade. Gerando a possibilidade de novos cineastas na cidade de Anápolis.

No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons. ( Fotos: ASCOM )
No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons. ( Fotos: ASCOM )
No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons. ( Fotos: ASCOM )
No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons. ( Fotos: ASCOM )
No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons. ( Fotos: ASCOM )
No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons. ( Fotos: ASCOM )
No que percebemos o ensino de audiovisual nas escolas públicas trazidas pelas tecnologias emergentes e pela intensificação de interesse dos nossos alunos que cresceram saturados no universo de imagens e sons. ( Fotos: ASCOM )
  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Leave a Comment

    Protected by WP Anti Spam