Wagner Domingues Costa, o Mr. Catra

Família de Mr. Catra doa as córneas do cantor em São Paulo

Cantor liberou doação de todos os órgãos em conversa com a mulher Silvia Regina, que relatou ter se sentido orgulhosa, mas não surpresa com a atitude do companheiro

Mr Catra no Prêmio Sexy Hot (Foto: Divulgação)

Família de Mr. Catra doa as córneas do cantor em São Paulo

Mes de Vacinação - Prefeitura de Anápolis

A família de Wagner Domingues Costa, o Mr. Catra, doou as córneas do cantor de funk, segundo a assessoria de imprensa do cantor na tarde desta terça-feira (11). Ele morreu no domingo (9), aos 49 anos, deixando três mulheres e 32 filhos.

Catra, que nasceu no Rio de Janeiro, estava internado no Hospital do Coração (HCor), na cidade de São Paulo para tratamento de um câncer gástrico, que o fez emagrecer mais de 30 kg nos últimos meses.

Ele havia declarado ser doador de órgãos, mas como morreu em decorrência de falência múltipla de órgãos, não foi possível. Os médicos, então, avaliaram a possibilidade da doação apenas das córneas.

“Ele fez essa exigência para Silvia Regina, sua companheira por 19 anos, que esteve com ele em todos os momentos. O Catra disse a ela que gostaria de ajudar outras pessoas e, mais tarde, ela me disse que não esperava menos dele, que sempre ajudou o próximo”,

disse Anderson Faria, que foi assessor e empresário do cantor, acrescentando que ela relatou ter ficado ainda mais orgulhosa do marido pela atitude.

O G1 tentou contato com Silvia, mas Anderson informou que os últimos dois dias foram muito desgastantes, com dois velórios, um em São Paulo e outro no Rio, e disse que ela estava a caminho do município de Mogi das Cruzes, onde morava com Mr. Catra e filhos.

“Não sabemos para quem foram as córneas. Ainda no hospital, comentaram sobre a possibilidade de serem destinadas a uma criança, mas não temos 100% de certeza do destino”, acrescentou o empresário.

“Foi tudo muito rápido e deixamos confiamos no trabalho do hospital, que foi impecável conosco durante todo o tempo”, concluiu.

No início de 2017, o cantor foi diagnosticado com um câncer no estômago. Na ocasião, ele disse que tinha parado de beber e que havia reduzido o número de cigarros que fumava para realizar as sessões de quimioterapia.

Trajetória
Mr. Catra se formou em Direito, mas nunca exerceu a profissão. Ele começou sua trajetória na música em uma banda de rock, mas ficou conhecido mesmo no funk.

Seu primeiro disco solo lançado por Catra foi “O bonde dos justos”. Um dos principais hits do cantor é “Uh Papai Chegou”.

Nos anos 2000, Catra começou a fazer paródias de algumas músicas. ‘Adultério’, um de seus grandes sucessos, é uma versão de “Tédio”, do Biquini Cavadão.

Há poucos meses o cantor gravou um clipe com a funkeira Valeska Popozuda. Em sua conta no Twitter, ela disse estar “arrasada” com a morte de Catra.

Outros famosos também lamentaram a morte do funkeiro nas redes sociais.

O humorista Marcelo Adnet disse que está triste com a notícia.

A atriz Maisa afirmou que ele irá deixar saudades.

“Que Deus conforte os corações da família”.

Mr. Catra (Foto: Divulgação / Gustavo Marialva)
  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Leave a Comment

    Protected by WP Anti Spam