Chancelada pelo T S E

Em entrevista à Record, Bolsonaro ataca o PT: “Colado na corrupção”

Em entrevista paralela ao debate dos presidenciáveis realizado pela Globo, candidato diz à Record que será o Brasil contra “eles”

“O PT não deu certo. Traiu os trabalhadores. Tem um projeto de poder, como falou o José Dirceu, que disse que eles vão reassumir o poder. Ele fala em tirar direitos do Supremo Tribunal Federal. Imagina se fosse eu que dissesse isso”, provocou o candidato. ( Divulgação)

Em entrevista à Record, Bolsonaro ataca o PT: “Colado na corrupção”

Mes de Vacinação - Prefeitura de Anápolis

Em entrevista ao Jornal da Record, nesta quinta-feira (4/10), o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, líder em todas as pesquisas eleitorais, partiu para o ataque contra o PT, cujo candidato, Fernando Haddad, poderá enfrentá-lo no segundo turno das eleições.

De acordo com o peeselista, ao dizer não acreditar nas pesquisas, que, por ora, não indicam sua vitória no primeiro turno, o embate não será “nós” contra o PT. “Será o Brasil contra eles”, afirmou o presidenciável.

Na entrevista, os petistas foram o principal alvo. E Bolsonaro procurou colar nos adversários a imagem da corrupção e da roubalheira. “Não tem como desvincular a corrupção do PT”, observou.

“O PT não deu certo. Traiu os trabalhadores. Tem um projeto de poder, como falou o José Dirceu, que disse que eles vão reassumir o poder. Ele fala em tirar direitos do Supremo Tribunal Federal. Imagina se fosse eu que dissesse isso”, provocou o candidato.

Para Bolsonaro, se as pesquisas estiverem certas, não haverá como fugir do candidato petista no segundo turno.

“Mas não seremos nós contra eles. Será o Brasil que quer mudanças; que não quer mais corrupção; que acredita na família; respeita as religiões; que quer jogar pesado contra a violência, até para dar paz às mulheres, pois terão mais segurança para seus filhos. [Será] O Brasil que quer menos impostos contra o PT”, afirmou.

Questionado se também não teria um projeto de poder, Bolsonaro foi enfático:

“Não terei projeto de poder. Não pensamos nisso em hipótese nenhuma”, disse. O candidato disse saber da sua responsabilidade e de como será sua vida nos próximos quatro anos, caso eleito. “Muitos dizem que não posso ser o melhor presidente, mas sou o melhor para o momento”, reforçou.

Minorias

Na entrevista, o presidenciável do PSL voltou a se defender das acusações de ser racista, homofóbico, contra nordestinos, negros e mulheres. Disse que não é estuprador e afirmou só receber esses rótulos porque não podem chamá-lo de corrupto.

“O Brasil é um só povo, não podemos continuar a divisão de classes no Brasil. A esquerda nos dividiu e ficamos brigando entre nós. Eu quero unir todos”, disparou.

Alternando as respostas aos questionamentos com pausas para descanso, por orientação do enfermeiro que o acompanhava, o candidato encerrou a gravação com um apelo ao eleitor brasileiro para que não vote em branco ou nulo, pois este não é o momento de se omitir.

“Temos que dar um pé no traseiro do socialismo e do comunismo. Todos já sabem o que nos espera se o PT voltar, se o Zé Dirceu voltar. Não serei mais um capitão da reserva, serei um soldado do Brasil a serviço desse povo”, ressaltou.

Entrevista liberada pelo TSE

A entrevista de Bolsonaro foi ao ar no mesmo momento em que a TV Globo dava início ao último debate entre presidenciáveis antes do primeiro turno das eleições.

A gravação com o presidenciável peeselista foi chancelada pelo ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Horbach, que negou, na noite desta quinta, pedido feito por adversários para impedir a exibição.

No pedido, PT, PSol, MDB e o candidato a deputado federal Wadih Damus (PT-RJ) alegaram que a veiculação seria uma forma de dar tratamento privilegiado ao candidato e atentaria contra a Lei das Eleições.

Jornalista: Carlos Estênio Brasilino

Fonte: Metrópoles
Link original da matéria:
https://www.24horasnews.com.br/noticia/em-entrevista-a-record-bolsonaro-ataca-o-pt-rcolado-na-corrupcaor.html

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Leave a Comment

    Protected by WP Anti Spam