SENAI Anápolis

Mulheres na mecânica

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) vai promover, neste dia 13 de setembro, quarta-feira, um curso sobre “Noções Básicas de Mecânica Para Mulheres” ( Foto: Luís Alvarenga )

Mulheres na mecânica

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) vai promover, neste dia 13 de setembro, quarta-feira, um curso sobre “Noções Básicas de Mecânica Para Mulheres”.

O treinamento será entre duas e seis das tarde. Em uma sociedade onde é cada vez maior o número de mulheres ao volante de veículos de todos os portes, nada mais oportuno do que oferecer a elas este tipo de conhecimento e de informação. Convém salientar, entretanto, que muitas mulheres, por todo o mundo (inclusive no Brasil), são engenheiras mecânicas e designers, que trabalham na projeção de veículos automotores.

Ora, se elas sabem criar, inventar e dar formas a automóveis, por que não poderiam, então, detectar seus defeitos e consertá-los?
Aliás, a presença das mulheres em setores onde, antes, havia certo tipo de reserva de mercado para homens, é mais frequente do que se imagina, o que leva à conscientização de que elas têm, seguramente, estrutura técnica; emocional, científica e sensorial para desempenharem qualquer tarefa no mundo cotidiano.

Estas assertivas podem ser notadas nos mais diferentes setores da comunidade. Nas salas de aula; nos quartéis; nos gabinetes do Judiciário e do Ministério Público; nas obras da construção civil; ao volante de caminhões e carretas; em áreas da pesquisa avançada; nos parlamentos políticos; no Poder Executivo, em setores de importantes decisões, enfim, onde for necessária a atuação delas.

E, ainda bem que esta percepção chegou a tempo. Não se admitia mais a diferenciação arcaica e obsoleta de que existem barreiras, paradigmas ou, limites entre os sexos. A materialidade do que antes era, apenas, uma suposição ou uma evidência, é determinante para confirmar-se que homens e mulheres têm as mesmas qualidades e, por que não, as mesmas dificuldades. O que é preciso, ainda, no Brasil, é reconhecer isto de maneira mais enfática, mais cristalina.

O bom é que tais barreiras estão a cair, uma após outra, o que significa um substancial avanço sociocultural, onde quem ganha é a humanidade. Mulher pode consertar carro, sim. Por que não?

Autor(a): Vander Lúcio Barbosa

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Veja mais

    Deixe seu comentário

    Protected by WP Anti Spam