Melhor do mundo Fifa 2017

Melhor do mundo: Cristiano larga na frente de Messi e Neymar

Premiação da Fifa será nesta segunda em Londres

Cristiano: em busca do quinto troféu (OSCAR DEL POZO/AFP)

Melhor do mundo: Cristiano larga na frente de Messi e Neymar

O atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, é o favorito para receber nesta segunda-feira o troféu de melhor jogador do mundo de 2017 da Fifa. Se isso ocorrer, ele se igualará ao argentino Lionel Messi, do Barcelona, que tem cinco taças. A última vez que alguém ganhou o troféu de melhor do mundo fora da dupla foi em 2007, quando o brasileiro Kaká ficou à frente dos dois. Desta vez, quem corre por fora é Neymar, do PSG.

Messi ganhou todas as edições do troféu entre 2009 e 2012, além de 2015. Cristiano Ronaldo ficou com os troféus de 2008, 2013, 2014 e 2016. Para 2017, Cristiano Ronaldo é novamente o favorito, após a conquista da Liga dos Campeões, do Campeonato Espanhol e depois de marcar mais de 40 gols.

Nesses dez anos, Messi e Cristiano ganharam quase todos os torneios que disputaram pelos seus clubes. Foram 30 para Messi e 25 para Cristiano. Messi influenciou uma legião de jovens com sua habilidade. O português, por sua determinação, se transformou em símbolo de um atleta completo. Messi, nesta semana, atingiu a marca de cem gols em competições europeias. Só um jogador havia atingido tal marca: Cristiano Ronaldo.

Na era digital, os dois embarcaram numa nova dimensão de popularidade. Segundo a empresa Repucom, Ronaldo seria conhecido por 92% da população mundial, contra 87% de Messi. “Estamos ante una extensão internacional onde Messi e Cristiano Ronaldo tem uma popularidade que supera a do papa”, disse a espanhola Virginia Rodriguez, consultora de marketing digital.

Neste ano, Cristiano Ronaldo passou a liderar a lista dos esportistas mais ricos do planeta, segundo a revista Forbes. Messi aparece na segunda posição.

Neymar foca em 2018

Neymar sabe que a festa desta segunda não é dele mas sua presença entre os três primeiros indicados é um recado claro: um ciclo pode estar se fechando e outro sendo aberto – Messi tem 30 anos; Cristiano Ronaldo, 32; e Neymar, 25. O brasileiro quer deixar a premiação da Fifa em 2018 como o vencedor.

Camisa 10 no Paris Saint-Germain, a esperança do jogador é que 2018 seja seu ano e sabe que precisa fazer uma Copa do Mundo como o principal jogador do Brasil.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe seu comentário

    Protected by WP Anti Spam