Rumo a Rússia

Guia ensina o que fazer para viajar e torcer pelo Brasil no mundial

A um ano da Copa, GloboEsporte.com levanta informações já existentes do torneio, detalhes do país-sede e dicas importantes de logística para torcedores se prepararem antes de arrumar as malas

Rumo a Rússia : Guia ensina o que fazer para viajar e torcer pelo Brasil no Mundial ( Arte: Globo Esporte)

Guia ensina o que fazer para viajar e torcer pelo Brasil no Mundial

Guia ensina o que fazer para viajar e torcer pelo Brasil no Mundial

Relacionados

  • Sem notícias relacionadas.

Para quem é fã de futebol, misturar as palavras sonho e Copa do Mundo na mesma frase é coisa simples. É mais que tentador se imaginar arrumando as malas para passar um mês em outro país vendo o desfile dos maiores craques do futebol mundial em estádios modernos e em um clima diferente, que apenas o maior torneio do esporte mais popular do planeta pode proporcionar. Mas tudo isso não é tarefa simples.

É verdade que o torcedor brasileiro se acostumou mal ao acompanhar uma Copa do Mundo em seu país, espalhada por todas as regiões e com jogos que entraram para a hstória. A vontade de sentir de novo o gostinho que atiçou fãs Brasil afora já leva muitos a fazer planos para, no ano que vem, estar na Rússia repetindo a dose.

E é por isso que o GloboEsporte.com organizou uma espécie de guia básico sobre o país do Leste Europeu e o seu Mundial, tentando facilitar a vida de quem estará pertinho da seleção brasileira na busca pelo sonhado hexa.

As informações começam a ser apresentadas nesta quarta-feira, quando falta exatamente um ano para a Copa do Mundo de 2018. E você terá um guia especial: o repórter Richard Souza, correspondente do GloboEsporte.com na Rússia, que passará estes 365 dias observando a reta final da preparação do país para um dos maiores eventos esportivos do mundo. Se você deseja estar na Rússia quando a bola rolar, prepare-se e deixe bem guardadas as dicas, divididas nos seguintes tópicos:

As sedes: conheça as 11 cidades que receberão jogos
A viagem: saiba como montar a logística para o Mundial
Rota do hexa: veja possibilidades de caminhos da Seleção

SELEÇÕES CLASSIFICADAS

Até o momento, apenas três seleções garantiram suas vagas matematicamente para a Copa do Mundo de 2018. A primeira, obviamente, foi a Rússia, que tem posto assegurado como país-sede. Após uma arrancada surpreendente nas eliminatórias da América do Sul, o Brasil garantiu um lugar no Mundial com boa antecedência: ainda em março. O Irã, por sua vez, foi o terceiro na fila, assegurando seu posto nesta semana.

OLHO NO CALENDÁRIO

Embora somente três equipes já tenham lugar garantido na Copa do Mundo, há outras seleções perto de conseguirem seus objetivos. Por isso, antes de pensar na viagem para a Rússia, é bom ficar ligado nas eliminatórias ao redor do mundo e torcer para aqueles times que deseja ver de perto no ano que vem.

Europa – A primeira fase termina no dia 10 de outubro. A repescagem será finalizada em 14 de novembro.
América do Sul – Última rodada em 10 de outubro.
Ásia – A primeira fase será encerrada em 5 de setembro. A repescagem local termina em 10 de outubro, valendo vaga para a repescagem intercontinental.
África – Última rodada em 6 de novembro.
Américas do Norte e Central – Última rodada em 10 de outubro.
Oceania – Decisão no dia 5 de setembro.
Repescagem América do Sul x Oceania – 14 de novembro.
Repescagem Américas do Norte e Central x Ásia – 14 de novembro.

O SORTEIO

As seleções que se classificarem para o Mundial conhecerão o caminho que traçarão no dia 1º de dezembro, quando a Fifa realizará o sorteio no Kremlin. A princípio, o formato seguirá o mesmo, com as 32 equipes divididas em quatro potes para formar os oito grupos. Entretanto, ainda não há confirmação sobre o sistema que definirá os cabeças de chave: se o ranking Mundial da Fifa apontará os principais times, ou se o critério de campeões do mundo voltará a ser o utilizado. A Fifa afirmou que só definirá esta questão após o fim das eliminatórias.

A TABELA

Embora o sorteio só vá ser realizado no fim do ano, a Fifa tem pronta toda a divisão dos jogos entre as sedes há alguns meses.
Equipes só saberão seus grupos e adversários em dezembro (Foto: Divulgação/Site oficial da Fifa) Equipes só saberão seus grupos e adversários em dezembro (Foto: Divulgação/Site oficial da Fifa)
Equipes só saberão seus grupos e adversários em dezembro (Foto: Divulgação/Site oficial da Fifa)

SÍMBOLOS DA COPA

Mascote

O mascote da Copa do Mundo de 2018 será o Zabivaka, um lobo tradicional da região da Sibéria. Seu nome significa algo como “Aquele que sempre faz gols”. Ele foi escolhido como símbolo do torneio em uma votação popular, superando um tigre e um gato. A bola oficial ainda não foi lançada pela organização – o que deve ser feito até o sorteio dos grupos.

Bola

A bola oficial do Mundial ainda não foi divulgada pela fabricante, que é uma das principais patrocinadoras da Fifa. Isso deve ocorrer nos próximos meses, após a Copa das Confederações.

Por Jorge Natan e Richard Souza*, Kazan e Moscou, Rússia

*Colaborou Fabrício Vitorino

Zabivaka é o mascote da Copa do Mundo (Foto: AFP)
Equipes só saberão seus grupos e adversários em dezembro (Foto: Divulgação/Site oficial da Fifa)
Luzhniki será o estádio da abertura e da final da Copa do Mundo de 2018 (Foto: Richard Souza)
  • Fonte da informação:
  • Globo Esporte
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe seu comentário

    Protected by WP Anti Spam