O papel de Ser mulher

Ao ser convidada para falar sobre mulheres, meu “sim” veio automá-tico. Este é sem duvida um dos meus favoritos assuntos de pesquisa.

“A mulher do século XXI, independente e trabalhadora,continua sendo fiel ao papel de mãe, e trabalhadora, continua sendo fiel ao papel de mãe, filha, esposa ". ( Arte: Linha Aberta)
“A mulher do século XXI, independente e trabalhadora,continua sendo fiel ao papel de mãe, e trabalhadora, continua sendo fiel ao papel de mãe, filha, esposa “. ( Arte: Linha Aberta)

O papel de Ser mulher

Ao ser convidada para falar sobre mulheres, meu “sim” veio automá-tico.

Este é sem duvida um dos meus favoritos assuntos de pesquisa. Boa parte do passado, ELAS & ELES desempenhavam papéis sociais muito diferentes.

ELAS eram educadas para desempenhar apenas as três funções básicas: esposa, dona de casa e mãe. Ganhamos espaços, temos mulheres comandando escolas, universidades, empresas, cidades e, até mesmo, países. Essa guinada e conquista de novos mercados mudou a vida DELES. Nossa emancipação faz com que os homens repensem as relações sociais, trabalho e casamento. As regras do jogo mudaram, e continuam mudando com muita velocidade.
O trabalho, por exemplo, tornou-se o melhor amigo da mulher. A mulher de hoje tem uma nova relação com o dinheiro e a casa, assim como as responsabilidades de criar filhos. Cada vez mais a expectativa é dividir tarefas e somar, e com essa nova fórmula, construir uma vida melhor e mais produtiva.
E para sentir ainda mais orgulho de nós mesmas, a participação política das mulheres vem se destacando não apenas como eleitoras conscientes, mas candidatas a cargos públicos e na gestão de cargos importantes, fato fundamental para a representatividade feminina nas lutas pelos direitos das mulheres contra o preconceito, exclusão e violência.
A mulher de hoje tem autonomia, liberdade de expressão.     Deixou de ser coadjuvante.
Obviamente, vale destacar que as realidades variam conforme o nível de esclarecimento e a cultura em que a mulher está inserida. A mulher do seculo XXI, independente e trabalhadora, continua sendo fiel ao papel de mãe, filha, esposa. E por conta destes múltiplos papéis, somos campeãs na habilidade da polivalência
Por isso tenho muito orgulho de ser mulher. Ganhamos o mundo na coragem sem perder a sensibilidade. Temos paixão de sobra e força no olhar. Lutamos pelos nossos ideais e damos a vida pela nossa família. E conhecemos profundamente o maior amor de todos eles, o incondicional.

“A mulher do século XXI, independente e trabalhadora,continua sendo fiel ao papel de mãe, e trabalhadora,
continua sendo fiel ao papel de mãe, filha, esposa “.

Maria do Carmo Fulfaro

é  Marketing Manager do Broward Center for the Performing Arts, Diretora da Simply Marketing e Co-Founder/Diretora do ArtBrazil

  • Fonte da informação:
  • Linha Aberta Magazine Miami USA
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe seu comentário

    Protected by WP Anti Spam