Avisado

Moro diz que blogueiro confirmou à PF ter avisado assessor de Lula sobre condução

Tramita na Justiça Federal do Paraná processo sobre vazamento de ação da Lava Jato. Advogado de blogueiro diz que 'vazamento' é distorção acusatória.

O blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, alvo de um mandado de condução coercitiva, deixa a sede da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)
O blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, alvo de um mandado de condução coercitiva, deixa a sede da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Moro diz que blogueiro confirmou à PF ter avisado assessor de Lula sobre condução coercitiva

O juiz federal Sérgio Moro afirmou que o blogueiro Carlos Eduardo Guimarães, autor do Blog da Cidadania, confirmou à Polícia Federal (PF) que avisou um assessor de Luiz Inácio Lula da Silva que o ex-presidente seria alvo de condução coercitiva.

A informação consta em um despacho publicado nesta quinta-feira (23) no processo que tramita na Justiça Federal do Paraná para investigar o possível vazamento da ação policial.

Lula foi levado para depor coercitivamente durante a 24ª fase da Lava Jato em março de 2016. Ele estava no seu apartamento em São Bernardo do Campo, na Região Metropolitana de São Paulo, e foi ouvido no Aeroporto de Congonhas. O ex-presidente responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

De acordo com a força-tarefa da Lava Jato, Lula recebeu como forma de propina por contratos da OAS na Petrobras um apartamento triplex no Guarujá, litoral de São Paulo, e pagamento dos custos com armazenamento de bens. O ex-presidente nega as acusações.

Eduardo Guimarães foi alvo de condução coercitiva e busca e apreensão na terça-feira (21), em São Paulo, como diligência do processo que apura o suposto vazamento. Conforme Moro, Guimarães revelou a fonte e disse ter comunicado “o assessor de Lula”.

“(…) Revelou, de pronto, ao ser indagado pela autoridade policial e sem qualquer espécie de coação, quem seria a sua fonte de informação acerca da quebra do sigilo fiscal de Luiz Inácio Lula da Silva e associados. Um verdadeiro jornalista não revelaria jamais sua fonte. Confirmou ainda que não só divulgou a informação em seu blog, mas antes comunicou-a a assessor do investigado”, relatou o juiz.

O nome do assessor não consta no despacho desta quinta.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe seu comentário

    Protected by WP Anti Spam