Cinema

17ª Goiânia Mostra Curtas começa no próximo dia 3 com presença de Dira Paes e Ava Rocha

Atriz paraense será uma das homenageadas da edição e a cantora carioca faz pocket show da abertura do evento

Atriz paraense será uma das homenageadas da edição e a cantora carioca faz pocket show da abertura do evento ( Foto: Divulgação e Bruna Aidar/ Jornal Opção )

17ª Goiânia Mostra Curtas começa no próximo dia 3 com presença de Dira Paes e Ava Rocha

O 17º Goiânia Mostra Curtas começa no próximo dia 3 de outubro e já confirmou a presença da atriz Dira Paes, homenageada desta edição. A abertura, que será realizada a partir das 20h no Teatro Goiânia, também terá um pocket show com a cantora Ava Rocha, que apresenta as faixas de seu primeiro álbum solo, Ava Patrya Yndia Yracema com o músico Marcos Campello.

Já no encerramento, no dia 8, é dia de celebrar o conjunto da obra do cineasta indigenista Vincent Carelli. Ele foi responsável pela fundação do Vídeo nas Aldeias, projeto que acompanha e estimula por meio do audiovisual as lutas dos povos indígenas por fortalecimento e valorização de suas identidades e territórios. Desta experiência, produziu uma série de 16 documentários que têm sido exibidos por TVs públicas ao redor de todo o mundo.

E é justamente a temática indigenista que vai pautar a edição do festival em 2017. Na programação, estarão algumas das produções audiovisuais indígenas mais recentes. No total, são doze filmes de sete estados diferentes.

Além dos filmes, a programação conta ainda com as mostras Brasil, Goiás e Animação, sessões exclusivas para crianças, workshops, palestras e lançamentos literários. Todas as atividades são gratuitas. A agenda completa pode ser conferida aqui.

A Goiânia Mostra Curtas conta com o patrocínio da Rodonaves Transportes através da Lei Goyazes, Seduce Goiás e do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi), apoio institucional da Universidade Federal de Goiás, do Ministério da Cultura por meio da Secretaria do Audiovisual, apoio da Saneago e da Unimed Goiânia e é realizada pelo Icumam.

Homenagens

Com mais de 40 filmes na bagagem, Dira Paes tem no seu currículo trabalhos como os longas 2 Filhos de Francisco (Breno Silveira), Redemoinho (José Villamarim) e a animação brasileira Lino (Rafael Ribas), em cartaz em 2017. No teatro, foram oito espetáculos dirigidos por nomes consagrados como Amir Haddad. Na televisão, somam-se 17 trabalhos, entre eles a aclamada novela Velho Chico (Luiz Fernando Carvalho) e a série Amores Roubados (José Villamarim).

Para além dos palcos e telas, Dira também dirige a ONG Movimento Humanos Direitos, que defende questões como a demarcação de terras indígenas e atua no combate ao trabalho escravo e à exploração sexual infantil.

Já Vincent tem, em sua filmografia, obras como “Corumbiara”, grande vencedor no festival de Gramado de 2009, o recente “Martírio”, filme consagrado, que destrincha a luta pela demarcação das terras habitadas pelos Guarani-Kaiowá, e o longa-metragem ainda em fase de desenvolvimento “Adeus, Capitão”. Juntos, os três filmes compõem uma trilogia que transpõe para as telas seu testemunho das marcas de 40 anos de indigenismo no Brasil.

Serviço

17ª Goiânia Mostra Curtas
Data: de 3 a 8/10
Local: Teatro Goiânia
Horário das cerimônias e abertura e encerramento: 20 h
Endereço: Teatro Goiânia (Avenida Anhanguera com Avenida Tocantins, Setor Central)
Entrada franca

 

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe seu comentário

    Protected by WP Anti Spam