Aos 115 anos,

Anápolis consolida trajetória de desenvolvimento

No período de janeiro de 2020 até o primeiro semestre deste ano, foram 6 mil trabalhadores qualificados em cursos gratuitos

Comerciante tem quase R$ 10 mil furtados de caminhonete enquanto fazia consulta em clínica de Anápolis
29 de julho de 2022
Suspeito de sequestrar empresário é morto em ação policial
2 de agosto de 2022

Foto aérea do Parque Ipiranga em Anápolis

A administração municipal conseguiu fazer de Anápolis um exemplo por pensar o desenvolvimento econômico associado à preocupação com o bem-estar das pessoas, o amparo social a quem mais precisa e o olhar para o futuro das crianças e adolescentes nos primeiros anos de estudo.

 

A fórmula

tem garantido o crescimento sustentável da cidade, que chega aos seus 115 anos praticamente imune aos efeitos colaterais da pandemia e exibindo uma força que desperta orgulho nos anapolinos.

 

Com os esforços da Prefeitura,

em parceria com o governo estadual, a ampliação do Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA) está saindo do papel e vai resolver o problema de falta de áreas para novos investimentos, além de gerar milhares de novos empregos. O avanço permitirá um novo horizonte de oportunidades para quem trabalha, empreende ou investe na região. A qualificação da mão de obra é uma das estratégias da gestão, que intensificou a oferta de cursos nos últimos anos.

 

No período de janeiro de 2020

até o primeiro semestre deste ano, foram 6 mil trabalhadores qualificados em cursos gratuitos, ministrados nos Centros de Formação Profissional (Cenfor), no Centro de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia (CEITec), no Espaço da Oportunidade e ainda em parcerias da Prefeitura com instituições como Senai, Sebrae e Senar.

 

A infraestrutura,

que é parte nevrálgica nas estratégias de desenvolvimento econômico, assegura, ainda, as condições necessárias para quem vive em Anápolis. Cuidar da mobilidade urbana é um ponto central. Uma das medidas para reorganizar o fluxo de veículos na região norte, por exemplo, foi a entrega da duplicação da pista que liga a região do Recanto do Sol à BR-153. A obra, inaugurada em julho, é a primeira de duas etapas que, ao final, com a implantação de um viaduto, vão transformar de vez a realidade do trânsito no local.

 

Educação

Com aproximadamente 37 mil estudantes na educação infantil e no ensino fundamental, a rede municipal de Educação é decisiva na formação das crianças e adolescentes. Neste ano, a gestão municipal entregou, pela primeira vez na história de Anápolis, um kit com materiais escolares, mochilas, uniformes e tênis para todos os alunos. Mas as melhorias da educação também envolvem soluções tecnológicas; o Educa Anápolis é uma delas. O programa é pioneiro e possibilita ampliação dos conhecimentos por meio da plataforma de ensino que oferece conteúdos para aprendizagem no contraturno escolar.

 

Além disso,

o Programa de Autonomia Financeira às Instituições Educacionais (Pafie) libera recursos do tesouro municipal para que os gestores consigam atender as demandas das unidades que cada um dirige. Ainda há a preocupação nutricional quanto à merenda servida aos estudantes e a atenção permanente com a infraestrutura.

No aniversário de Anápolis, uma das grandes obras entregues foi a da reforma e ampliação da Escola Municipal Dona Íris Rezende de Machado.

 

“É importante mudar a mentalidade na gestão pública. Antigamente, diziam que não era importante reformar, pois não se levava o mérito, não era o seu nome na placa.

Nós pensamos exatamente o oposto: temos, para com as pessoas, a responsabilidade de cuidar daquilo que já existe e ampliar aquilo que mostra potencial de crescimento.

Estar aqui entregando uma unidade novinha, que já existia, e que foi totalmente reforma e ampliada, prova o nosso compromisso para com a população.

Não interessa o que está escrito em uma placa, interessa é o que nós deixamos escrito no coração das pessoas”,

disse o prefeito Roberto Naves durante a inauguração da unidade, que fez parte do cronograma de obras entregues no aniversário da cidade, assim como a Biblioteca Municipal Zeca Batista, que passou por ampla reforma.

 

Valorização dos professores

Recentemente, a gestão municipal proporcionou avanços no Estatuto do Magistério Público Municipal com um pacote de projetos de iniciativa do poder executivo, com benefícios e reconhecimento para a categoria.

Além do reajuste do funcionalismo, divulgado no final do ano, houve reajuste de 18% na gratificação de diretores e coordenadores gerais; o aumento das gratificações dos coordenadores técnicos e pedagógicos; a regulamentação da carga horária da equipe gestora; e a criação de 230 novas vagas para professores P4 e 35 vagas para P5.

 

Também buscando

a valorização dos profissionais, o Centro de Formação dos Professores (CEFOP), da Secretaria Municipal de Educação, realiza regularmente cursos de capacitação e formação para todos os professores, coordenadores e diretores das unidades escolares. Somente nos últimos anos, foram realizadas mais de 5 mil formações.

 

Em novembro de 2021,

foi inaugurado um verdadeiro marco na saúde pública de Anápolis: o novo Hospital Municipal Alfredo Abrahão. Mas não é a única conquista. A cidade se diferenciou ao criar a primeira UPA com perfil pediátrico do país. E o município, que recebeu os brasileiros repatriados de Wuhan, deu aula de planejamento para lidar com a pandemia, montando uma estrutura de unidades e leitos exclusivos para pacientes com Covid antes mesmo da confirmação do primeiro caso.

 

Capacidade administrativa

Problemas considerados crônicos ganharam resolução nas mãos da atual gestão. A situação hídrica, um gargalo histórico na vida dos anapolinos, está sendo resolvida com o maior plano de abastecimento já visto em Anápolis. A segurança pública atingiu níveis de excelência desde a criação da Força Tática, uma parceria proposta pela Prefeitura de Anápolis com a Polícia Militar que aumentou o número de policiais e viaturas nas ruas, reduzindo drasticamente os índices de violência.

 

O Programa Voluntários de Coração

é um divisor de águas no desenvolvimento social de Anápolis. Em parceria com a sociedade, empresas e organizações, a iniciativa vem promovendo cidadania e conscientizando as pessoas sobre a importância de dedicar esforços às famílias em vulnerabilidade social. Nos últimos anos foram centenas de ações, sobretudo na pandemia, para dar dignidade a quem mais precisa.

 

Arraiana
O ano de 2022 marca a volta do maior evento beneficente do Estado de Goiás em formato presencial. A troca de alimentos não perecíveis por ingressos para cinco noites de shows, nos últimos dias de julho, com artistas de prestígio nacional, como Jorge e Mateus e Luan Santana, tem como propósito maior ajudar, mais uma vez, instituições socioassistenciais e famílias em vulnerabilidade social.

 

A cada ano,

o evento ganha maior proporção, demonstrando o quanto a população anapolina preza pelo desenvolvimento da cidade, mas mantendo uma tradição de respeito ao próximo.

CMEI Dona Íris completamente reformado

Fé e muita emoção marcaram o primeiro dia do Arraiana 2022.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.