Para suporte nos cursos de saude

Associação Educativa Evangélica é a nova dona do Hospital Evangélico Goiano

A decisão foi tomada após tratativas ao longo de dois anos e meio.

Para transporte de passageiros em motocicletas
1 de julho de 2022
Comerciante é morto a tiros na frente da esposa
5 de julho de 2022

A AEE existe há 75 anos, sendo mantenedora da Universidade Evangélica de Goiás — UniEVANGÉLlCA, seis faculdades no interior de Goiás, uma escola técnica de enfermagem, três Colégios e um Hospital em Goianésia, o HEG é sua nova aquisição

Objetivo é dar suporte aos cursos da área de saúde mantidos pela AEE: Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, Farmácia, Nutrição, Biomedicina

 

A Associação Educativa Evangélica (AEE),

após realização de assembleia geral extraordinária realizada neste sábado (02), decidiu pela aquisição do Hospital Evangélico Goiano (HEG), localizado em Anápolis. A AEE existe há 75 anos, sendo mantenedora da Universidade Evangélica de Goiás — UniEVANGÉLlCA, seis faculdades no interior de Goiás, uma escola técnica de enfermagem, três Colégios e um Hospital em Goianésia

A decisão foi tomada após tratativas ao longo de dois anos e meio. O Hospital Evangélico Goiano, com 184 leitos, é fruto da visão do médico e missionário brasileiro James Fanstone que, há mais de 90 anos, fundou a unidade na cidade de Anápolis.

 

O HEG

é considerado um dos maiores hospitais do Estado de Goiás, possuindo diversas acreditações e certificações, dentre elas o selo ONA II da Organização Nacional de Acreditação Hospitalar e o selo Platina da Associação dos Hospitais Privados do Estado de Goiás – Ahpaceg.

 

Para o presidente

da Associação Educativa Evangélica, o advogado Augusto César Rocha Ventura,

“a aquisição do Hospital Evangélico Goiano vai possibilitar, ainda mais, o suporte aos cursos da área de saúde mantidos pela AEE – Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, Farmácia, Nutrição, Biomedicina, solidificando e ampliando vagas de estágio dos cursos e de residência médica, tornando-se um diferencial relevante em relação às demais instituições de educação, além fortalecer ainda mais o cumprimento da missão institucional cristã, posto que ambas organizações são confessionais”.

 

Os representantes do HEG

priorizaram a negociação com a AEE, em razão da relação histórica entre as duas unidades. Embora independentes, o Dr. James Fanstone também foi um dos fundadores da AEE. Foi levada ainda em consideração a credibilidade e solidez da Associação Educativa Evangélica na atuação educacional ao longo dos anos.

 

A AEE avaliará

a execução de um plano de investimentos, no sentido de manter a boa referência hospitalar e excelência que o HEG sempre teve. E pautada na ética e transparência, apresentará à comunidade o andamento do processo de transferência da gestão daquela unidade hospitalar, assim como as informações referentes ao atendimento à população.

By: José Aurélio Soares

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.