Porque os Bombeiros nao foi chamado

Caso Joice Hasselmann: Marido afirma que não tinha sinais de luta corporal no quarto

Jornalista Oswaldo Eustáquio e outros jornalistas foram barrados na Coletiva de Imprensa do Marido da Deputada Joice.

Revelação da “fraude de 2014” já tem data: Próxima quinta-feira
25 de julho de 2021
Direito de resposta de Ana Paula Henkel
26 de julho de 2021

O marido na Coletiva: “Quando eu a vi e a primeira hipótese que ela me falou foi ‘eu caí, eu caí’. Aí, depois pensei se tratar de um acidente doméstico”, afirmou o médico. Daniel ainda afirmou que nunca viu a esposa em um episódio de sonambulismo.

Em coletiva de impressa, o neurocirurgião Daniel França, marido da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), negou, novamente, ter agredido a esposa.

No domingo (18) a parlamentar acordou com fraturas e hematomas pelo corpo e não se lembra como os ferimentos aconteceram. O casal não descarta completamente a possibilidade de ter sido um acidente doméstico.

“Primeira coisa, eu nunca agredi ninguém, nunca dei um tapa em ninguém, nem um murro em ninguém. Segunda coisa, eu não tenho nenhum motivo para fazer isso, eu jamais faria isso. Então, é exatamente por esta razão que tudo o que eu pude fazer para tentar comprovar o contrário, eu estou fazendo. Fui espontaneamente à polícia prestar depoimento. Me coloquei inteiramente à disposição de tudo, da imprensa, de tudo”,

afirmou França durante entrevista coletiva realizada no apartamento do casal neste domingo (25). Joice também participou da entrevista.

Ao serem questionados sobre a demora para registrar uma ocorrência sobre o caso, que só foi feito na quinta, e também na demora para ir a um hospital, que só aconteceu na terça-feira, eles afirmaram que imaginaram, em um primeiro momento, que se tratava de um acidente doméstico. ,

“Até quarta de manhã, eu tinha achado que tinha tomado um tombo, mas foram aparecendo hematomas em lugares que não tinha aparecido”, afirmou a deputada.

“Quando eu a vi e a primeira hipótese que ela me falou foi ‘eu caí, eu caí’.

“Aí, depois pensei se tratar de um acidente doméstico”, afirmou o médico.

Daniel ainda afirmou que nunca viu a esposa em um episódio de sonambulismo.

Jornalista Oswaldo Eustáquio e outros jornalistas foram barrados na Coletiva de Imprensa do Marido da Deputada Joice

Em coletiva de impressa, o neurocirurgião Daniel França, marido da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), negou, novamente, ter agredido a esposa. No domingo (18) a parlamentar acordou com fraturas e hematomas pelo corpo e não se lembra como os ferimentos aconteceram. O casal não descarta completamente a possibilidade de ter sido um acidente doméstico.

“Primeira coisa, eu nunca agredi ninguém, nunca dei um tapa em ninguém, nem um murro em ninguém. Segunda coisa, eu não tenho nenhum motivo para fazer isso, eu jamais faria isso. Então, é exatamente por esta razão que tudo o que eu pude fazer para tentar comprovar o contrário, eu estou fazendo. Fui espontaneamente à polícia prestar depoimento. Me coloquei inteiramente à disposição de tudo, da imprensa, de tudo”,

afirmou França durante entrevista coletiva realizada no apartamento do casal neste domingo (25). Joice também participou da entrevista.

Ao serem questionados sobre a demora para registrar uma ocorrência sobre o caso, que só foi feito na quinta, e também na demora para ir a um hospital, que só aconteceu na terça-feira, eles afirmaram que imaginaram, em um primeiro momento, que se tratava de um acidente doméstico.

“Até quarta de manhã, eu tinha achado que tinha tomado um tombo, mas foram aparecendo hematomas em lugares que não tinha aparecido”, afirmou a deputada.

“Quando eu a vi e a primeira hipótese que ela me falou foi ‘eu caí, eu caí’.

Aí, depois pensei se tratar de um acidente doméstico”, afirmou o médico. Daniel ainda afirmou que nunca viu a esposa em um episódio de sonambulismo.

Somente após receberem os resultados dos exames de imagem realizados em hospital, na quarta-feira, foi que começaram a considerar a possibilidade de uma agressão por serem muitos ferimentos.

A parlamentar acredita que uma pessoa tenha entrado no apartamento e provocado a agrediu.

“Um grande desafeto político que tem acesso muito fácil a esse bloco. Se alguém entrou aqui, não é coisa de amador”,

disse ela sobre um dos dois suspeitos que tem em mente mas se recusa a dizer os nomes.

Segundo Joice, os nomes foram revelados ao Departamento de Polícia Legislativa.

Na entrevista coletiva deste domingo, Joice contou que Luciano Bivar (PSL-PE), tem um apartamento no seu bloco, além de outros nomes conhecidos no cenário político atual. Os dois estão em conflito político desde que ela anunciou sua saída da sigla.

“Enquanto pode ter um bandido profissional mandado para me executar, esses papagaios imbecis de internet querem manchar a honra de um homem que se dedica a salvar vidas e que salvou a minha”,

afirmou a deputada sobre as acusações contra seu marido.

A investigação está sob sigilo.

Segundo a deputada, a Polícia Civil de São Paulo também acompanha o caso, mesmo tendo acontecido em Brasília-DF.

Link original da matéria:
https://horabrasilia.com.br/caso-joice-hasselmann-marido-afirma-que-nao-tinha-sinais-de-luta-corporal-no-quarto/  

 

 

Atualização  By Hora Brasilia

Caso Joice Hasselmann:

“Ela iria puxada pelos cabelos” diz o médico e marido da deputada em entrevista

Neste domingo (25), a deputada federal Joice Hasselmann fez uma entrevista coletiva em seu apartamento ao lado do marido, o médico Daniel França. Ao ser questionado por um repórter sobre o motivo da deputada não ter ido ao médico no primeiro momento após ele encontrá-la em uma poça de sangue, o marido respondeu:

“Se ela tivesse apresentado o mínimo sinal de descompensação neurológica ou até uma dor nova que não tivesse aparecido inicialmente, ela ia imediatamente para o hospital puxada pelos cabelos.”

Após a pergunta,Daniel França questionou o repórter e subiu o tom na resposta.

A fala do médico contradiz por completo a entrevista dele com o jornalista Oswaldo Eustáquio, na sexta-feira (23).

Ao ser questionado por Eustáquio, sobre a demora em procurar um hospital, França respondeu:

“Ela não foi atendida no hospital para tratamento imediato das lesões, isso eu fiz em casa. Ela foi para o hospital na terça-feira de manhã para fazer exames porque ela estava com muita dor. Como ela estava neurologicamente intacta, do ponto de vista do exame neurológico, ela tava normal, consciente, orientada, falando normalmente e sem nenhum déficit motor, e eu sou especialista em neurotraumatologia, se ela tivesse apresentado algum sinal, alguma hemorragia, alguma coisa, eu levaria para o hospital. Como não tinha, eu decidi tratá-la em casa para que ela melhorasse das dores e conseguisse se mobilizar melhor, porque ela estava com muita dificuldade de se locomover. Ela foi para o hospital e fez todos os exames onde constataram as fraturas e a total normalidade cerebral dela“, explicou Daniel.

Link original da matéria:
https://horabrasilia.com.br/caso-joice-hasselmann-ela-iria-puxada-pelos-cabelos-diz-o-medico-e-marido-da-deputada-em-entrevista/

Um seguidor do Jornalista Oswaldo Eustáquio sugeriu ir ao Google e analisar a foto do casal na Coletiva de Imprensa e o
que ali foi achado …é uma pérola para tal análise.

Como a maneira de dar as mãos revela sobre o seu relacionamento
A linguagem corporal reflete os sentimentos do casal e o momento da relação. Saiba mais!

Segurando os dedos e levemente puxando as mãos

  • Essa maneira demonstra que o casal pode não estar na mesma sintonia.
  • Alguém ou ambos não estão satisfeitos com a relação.
  • Aquele que puxa a mão levemente quer que o outro tome atitudes; ou as tomará.
  • Já quem fica com o braço pendente revela que está cansado da rotina.

Aprenda mais:

https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/como-a-maneira-de-dar-as-maos-revela-sobre-o-seu-relacionamento,999c9475e313b6c1ee8786840e4961edcj4tzbpd.html#:~:text=Segurando%20os%20dedos%20e%20levemente,tome%20atitudes%3B%20ou%20as%20tomar%C3%A1.

Jornalista Osvaldo Eustáquio, em uma live faz as perguntas óbvias, e já  que foram barrados pela Deputada Joice, Oswaldo pergunta ate a onde a Policia Legislativa tem competência para fazer as devidas investigações?    Ela nao tem estrutura para as devidas Investigações e a Policia Civil que é competentíssima esta fora do processo.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.