Notícias : Anápolis» Notícias

A cidade foi dividida em 10 equipes

Servidores da Prefeitura de Anápolis se unem na guerra contra a dengue

Durante um mês, às quintas-feiras, equipes estarão nos quatro cantos da cidade conscientizando a população

PUBLICIDADE

A união para combater a dengue em Anápolis se intensifica.

Nesta quinta-feira, 08, durante todo o dia, foi realizada a primeira ação coletiva da campanha de enfrentamento ao mosquito. A cidade foi dividida em 10 equipes, somando mais de 600 servidores da Prefeitura , exceto aqueles que trabalham em serviços essenciais – a exemplo de unidades de saúde e educação, entre outros, – que atuaram na conscientização da população e identificação de possíveis focos.

Estamos fazendo algo importante. Além de entregar panfletos, estamos batendo nas portas, conversando com os moradores, observando as casas e lotes baldios para identificar qualquer recipiente que possa estar se tornando um foco de dengue.

Também estamos usando o cata-treco recolhendo o lixo e as equipes estão realizando roçagens, disse o prefeito Roberto Naves.

A atmosfera em todas as regiões estava impregnada de determinação e otimismo, refletindo o compromisso conjunto.

É muito importante contribuir com as pessoas, utilizando nosso conhecimento e compartilhando o que sabemos, juntamente com nossas experiências, para combater a dengue.

Às vezes, algo simples pode fazer toda a diferença para um bairro inteiro, para uma rua ou para uma família, na luta contra essa doença,

frisou a servidora Senir Pereira.

Nesse primeiro dia da ação semanal de combate à dengue, foram visitadas centenas de residências, recolhidos lixos e realizadas inúmeras roçagens.

Vejo a grande importância desse trabalho da Prefeitura. No entanto, a comunidade precisa participar, tendo consciência, em primeiro lugar, de que não se trata apenas de um mosquito, mas sim de algo muito perigoso.

Por isso, precisamos todos trabalhar da mesma forma para combatê-lo e, assim, vencermos essa batalha, afirmou o morador e comerciante da Vila Jaiara, Ocivaldo Silvestre.

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Mirlene Garcia, reforçou que as medidas estabelecidas vão além da parte educativa e inclui diversos fatores para a execução do planejamento de combate à dengue.

A estratégia compreende em ações robustas, que incluem as campanhas educativas e o reforço das vistorias em locais suscetíveis à proliferação do mosquito.

Essa abordagem visa não apenas mitigar o risco de transmissão de doenças, mas também estabelecer uma defesa proativa e eficaz contra potenciais surtos.

A cooperação da comunidade é crucial para o sucesso dessas medidas, contribuindo assim para a construção de um ambiente mais seguro, destacou.

Mobilização

Os números crescentes de casos demandam uma resposta coordenada de todos os setores da sociedade. Nesse contexto, é imperativo que a comunidade esteja plenamente engajada em práticas preventivas, como a eliminação de criadouros do mosquito em suas residências. Por isso, a partir desta quinta-feira, 08, durante as próximas semanas serão realizadas mobilizações de toda a Prefeitura no combate à dengue e a conscientização da população.

Então vocês podem abrir a porta das suas casas para os servidores da Prefeitura.

Ninguém vai lá multar, ninguém vai lá criticar ou punir.

O que precisamos é conscientizar cada um a combater o foco do mosquito, explicou Roberto Naves.

No âmbito do manejo ambiental, as equipes de endemias em Anápolis têm empregado bombas costais precisamente para a aplicação de inseticidas, visando eliminar os mosquitos transmissores da dengue. Paralelamente, o carro fumacê intensifica suas atividades nos bairros, com o propósito específico de reduzir a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Unidades de referência

Quanto ao manejo clínico, a implementação de espaços exclusivos e a agilidade nos cuidados foram estabelecidos para garantir o melhor atendimento à população do município. Ao todo, serão seis unidades de referência para o atendimento da dengue. Os postos dos bairros de Lourdes, Vila União, Vila Norte e Filostro Machado funcionarão de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h. Já a unidade do Parque Iracema estará em funcionamento todos os dias, das 7h às 22h.

Para as crianças, haverá uma unidade com perfil pediátrico, localizada no Maracananzinho, que funcionará de segunda a segunda, das 7h às 22h. É importante ressaltar que as demais unidades também estarão atendendo casos de dengue.

Outra medida adotada pela gestão municipal é a reativação da unidade do Leblon, que se tornará um centro de hidratação com 35 leitos e ficará aberto 24h. “Lá será nossa retaguarda, de modo a inibir os avanços dos casos graves, por ser o meio mais eficaz”, pontuou Naves.

Ações

De modo a evitar a superlotação nas unidades de saúde, serão disponibilizadas duas vans para transportar pacientes com quadros leves das UPAs para as unidades básicas de referência. “Dessa forma todos serão atendidos de forma mais ágil. Vamos diminuir o fluxo de pessoas nas portas das UPAs e vamos ter um atendimento de mais qualidade”, ressaltou o chefe do Executivo.

O paciente que precisar realizar exames também poderá solicitar seu agendamento através do ZAP da Prefeitura na opção “Serviços da Saúde”, em seguida a opção 4 (Dengue-Agendamento de exame).

O acesso retornará prontamente com local e horário de realização. Esse canal pode ser acessado através do site da Prefeitura Municipal: anapolis.go.gov.br ou pelo telefone (62) 3902-2882.

Além disso, por esse mesmo caminho, a população pode solicitar informações sobre a dengue e também será criado o Dengue-Denúncia.

A cidade foi dividida em 10 equipes, somando mais de 600 servidores da Prefeitura na ação coletiva da campanha de enfrentamento ao mosquito.
A cidade foi dividida em 10 equipes, somando mais de 600 servidores da Prefeitura na ação coletiva da campanha de enfrentamento ao mosquito.
A cidade foi dividida em 10 equipes, somando mais de 600 servidores da Prefeitura na ação coletiva da campanha de enfrentamento ao mosquito.
  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Gildo Ribeiro

    Gildo Ribeiro é editor do Grupo 7 de Comunicação, liderado pelo Portal 7 Minutos, uma plataforma de notícias online.

    Artigos relacionados

    Botão Voltar ao topo