Roosevelt Ribeiro» Blogs e Colunas

O que pensamos? O que sentimos?

A noite mais escura da humanidade

Zelar pela nossa Casa Celestial. Não devemos mais dar importância as manipulações do jogo do poder que querem impor uma condição irreal e governar em benefício próprio.

PUBLICIDADE

A Humanidade do nosso planeta está passando por um processo de reflexão no sentido de saber e compreender a vida e a existência na escala do universo.

Nossos cientistas buscam entender a vida. Buscam por novos conhecimentos, conceitos que possam comprovar suas teorias e mostrar aos Homens o verdadeiro sentido da vida.

Enviamos telescópios cada vez mais potentes e apurados nas pesquisas de outras moradas no universo.

Mas quanto ao nosso planeta, nossa Casa Celestial.

O que estamos vendo e entendendo no nosso dia a dia?

O Ser humano tem visto somente notícias de violência, de injustiças, de escândalos financeiros, e agora passamos a conhecer melhor as instituições e as autoridades que tem a responsabilidade de governar e zelar pelo bem-estar do povo, e estamos decepcionados com o que estamos vendo.

Na História da Humanidade as guerras entre Nações sempre mobilizaram a atenção de todos.

Agora não temos uma grande guerra, mas pequenas guerras ao redor do mundo.

Cada país, região e população tem uma guerra a travar e a desvirtuar o foco do verdadeiro sentido da vida.

Viver e ser feliz.

Quem nos dias atuais não tem suas guerras particulares; relacionamento, trabalho, finanças e a guerra interna entre o certo e o errado que nossa mente cobra.

O que pensamos? O que sentimos?

Estamos todos passando pela noite mais escura da alma.

Cheias de dúvidas e incertezas.
Gosto de estudar e pesquisar coisas novas, tirar o foco das dificuldades e ver o que tem de bom por esse mundão de meu Deus.

Lembra quando falei dos telescópios cada vez mais eficiente em suas resoluções e informações sobre o universo. Telescópio James Webb.

Um tema me chamou a atenção, um vídeo que mostra a trajetória do nosso sol por nossa Via Láctea a uma velocidade de 220 km por segundo levando consigo todo sistema solar unido a Ele, num trajeto de 230 milhões de anos para completar esse percurso.

Fico imaginando que influencias cósmicas incidem em nosso sistema solar e consequentemente em nosso planeta e por fim em nossas vidas. Os noticiários têm divulgado ultimamente sobre os Flexes Solares de Alcion que chega ao nosso planeta.

Um Sol que ilumina todo nosso sistema solar e impõem suas leis da física universal.
É chegada a hora de rever nossos conceitos e entendimento sobre a vida, a grandiosidade do existir e deixar de lado essa pequenez da manipulação da mídia e de pessoas que querem deter o poder, e maravilhar pela grandiosidade da criação em todo universo.

Aproveitar o milagre da vida.

Zelar pela nossa Casa Celestial. Não devemos mais dar importância as manipulações do jogo do poder que querem impor uma condição irreal e governar em benefício próprio.

Essa noite escura que passa a Humanidade tem fim e um novo dia logo brilhará. Pois no Universo tudo está em movimento,

Ele nos observa e age melhor que nós o temos observado.

Tudo aquilo que o homem ignora, não existe para ele. Por isso o universo de cada um, se resume no tamanho de seu saber.

Albert Einstein
Nota: Autoria não confirmada.

Fonte do vídeo: Barbara Universe

Por: Roosevelt Gomes Ribeiro
Roosevelt Ribeiro é economista e colunista do Portal 7Minutos

 

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • RESPONSABILIDADE PELO CONTEÚDO

    As ideias e opiniões expressas em cada matéria publicada nas colunas são de exclusiva responsabilidade do COLUNISTA, não refletindo, necessariamente, as opiniões do editor e do portal 7Minutos. Cada COLUNISTA é responsável juridicamente por suas matérias assinadas. O 7Minutos se responsabiliza apenas pelas matérias assinadas por ele.

    Roosevelt Ribeiro

    Economista e terceirizado no SEBRAE/GO, (30 anos) exercendo atividades de consultoria e instrutória com cursos de empreendedorismo, abrangendo administração, gestão financeira e planejamento estratégico em várias cidades e empresas. é colunista do assunto no Portal 7MInutos.

    Artigos relacionados

    Verifique também
    Fechar
    Botão Voltar ao topo