Borneo Orangutan Survival

Orangotango fêmea vivia como ‘prostituta’ na Indonésia

Pony foi roubada de sua mãe quando era bebê e ensinada a realizar atos sexuais com humanos

Marvel demite quadrinista brasileiro que fez ilustração ‘pró-Bolsonaro’
12 de setembro de 2021

Pony girava os quadris quando um cliente batia na porta. Os homens tinham o dobro de seu tamanho e pagavam pela experiência.

Na ilha de Bornéu (Indonésia), uma fêmea de orangotango vivia acorrentada a uma parede e deitada num
colchão sujo. ‘Pony’ trabalhava como prostituta em um bordel da região.

Conforme noticiou o jornal “Sun”, a primeira história sobre Pony foi contada em 2018.

Agora a
fundação Borneo Orangutan Survival resgatou o animal e o direcionou para um dos centros de
reabilitação.

Pony foi roubada de sua mãe quando era bebê e ensinada a realizar atos sexuais com humanos.

Ela
vivia no bordel e os homens, que trabalhavam numa fazenda de óleo de palma próxima, pagavam algumas
librar para fazer sexo com humanas ou com a orangotango.

Como foi ensinada, Pony girava os quadris quando um cliente batia na porta.

Os homens tinham o dobro de seu tamanho e pagavam pela experiência.

Link original da matéria:
https://jornaldebrasilia.com.br/nahorah/orangotango-femea-vivia-como-prostituta-na-indonesia/

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.