Brasil tem ampla vantagem

Brasil é o terceiro país que mais vacina na América Latina

Em proporção à taxa populacional, país só fica atrás de Chile e Uruguai

Os argumentos por trás do bizarro tratamento que sugere beber a própria urina
28 de março de 2021
Ter saúde vai muito além do que não estar doente. Entenda!
4 de abril de 2021

O Brasil é o terceiro país que mais vacinou em proporção ao número de habitantes na América Latina, Reprodução

O Brasil é o terceiro país que mais vacinou em proporção ao número de habitantes na América
Latina, ficando atrás apenas do Chile e do Uruguai. As informações são do Our World in Data,
que reúne e disponibiliza dados sobre a pandemia de Covid-19 no mundo.

O Chile tem 19,1 milhões habitantes e já aplicou 9,4 milhões de doses, o que leva a uma taxa
de 49,2 a cada 100 pessoas.

Já o Uruguai tem pouco menos de 3,5 milhões de moradores e já
aplicou 453 mil vacinas, proporção de 13 para cada 100.

O Brasil vem em seguida com 7,8 para
cada 100 indivíduos (16,6 milhões de doses para 212,6 milhões de habitantes).

Entre os países mais populosos da América Latina, o Brasil tem ampla vantagem

A segunda nação com mais habitantes é o México, que aplicou 6,2 milhões de doses e tem população de
128,9 milhões, proporção de 4,8 a cada 100. A Colômbia, com 50,9 milhões de pessoas, aplicou
1,3 milhão de doses, taxa de 2,6 a cada 100.

O gráfico abaixo  traz as informações de países da América Latina

O Chile está utilizando os imunizantes produzidos pela Pfizer/Biontech e Sinovac.

Já o Uruguai aplica doses da Sinovac, enquanto a Argentina aposta na Sputnik V, Sinopharma e
Oxford/Astrazeneca.

O país sofre inclusive com atrasos na entrega da vacina russa, produzida
pelo Instituto Gamaleya.

No México, as autoridades adotaram as vacinas Sputnik V,
Ozford/Astrazeneca e Pfizer/Biontech.

Link original da matéria:
https://www.metropoles.com/brasil/brasil-e-o-terceiro-pais-que-mais-vacina-na-america-
latina?utm_source=push&utm_medium=push&utm_campaign=push

 

Conteúdo   Goiás em Tempo

Fiocruz recebe hoje insumos para produzir mais 12 milhões de vacinas

Ainda está prevista a entrega de mais 2,1 milhões de doses na próxima semana.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebe hoje (27), no Rio de Janeiro, mais duas remessas de
insumo farmacêutico ativo (IFA) suficientes para produzir 12 milhões de doses de vacina
Oxford/AstraZeneca, usada na imunização da covid-19.

A previsão é que o produto, procedente da China, chegue ao Aeroporto Internacional do Rio de
Janeiro (Tom Jobim/Galeão) às 18h deste sábado.

Na última quinta-feira (25), a Fiocruz já havia recebido uma remessa para produzir 6 milhões
de doses. Na próxima semana, está prevista a chegada de uma nova carga suficiente para
fabricar 5 milhões de vacinas.

As 23 milhões de doses serão produzidas pela própria Fiocruz e, uma vez prontas, serão
entregues ao Ministério da Saúde, entre abril e maio.

Vacinas prontas
Este mês, a Fiocruz já produziu e entregou 1,8 milhão de doses de vacinas produzidas no
Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos).

Ainda está prevista a entrega de mais 2,1 milhões de doses na próxima semana.

BY GOIÁS EM TEMPO

Link original da matéria:
http://goiasemtempo.com.br/home/fiocruz-recebe-hoje-insumos-para-produzir-mais-12-milhoes-
de-vacinas/

O gráfico abaixo  traz as informações de países da América Latina

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Protected by WP Anti Spam