Notícias : Anápolis

Avançando em todos os sentidos

Presidente Dominguinhos elogia juíza Aline Tomás

Que ajudou Anápolis a sair na frente no país com lei da linguagem simples

PUBLICIDADE

O presidente Dominguinhos do Cedro (PV) repercutiu na tribuna, na sessão dessa quarta-feira (6.dez), a aprovação na Câmara Federal de projeto de lei que institui uma política nacional de linguagem simples, com procedimentos a serem adotados pelos órgãos e entidades da administração pública em suas comunicações com a população.

Dominguinhos ressaltou que Anápolis saiu na frente em relação a esse tipo de política pública que amplia o diálogo com a população, pois uma lei igual existe na cidade desde 22 de dezembro de 2022, uma sugestão da juíza Aline Vieira Tomás, que já presidiu o Fórum de Anápolis e hoje atua no Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente da Câmara destacou a importância da magistrada, que coordenou o programa de Linguagem Simples no Sistema de Justiça de Goiás, e através de uma parceria construída com o Legislativo e Executivo anapolino, apresentou a proposta às autoridades, o que resultou em pioneirismo de Anápolis, com aprovação de uma lei um ano antes do que a Câmara Federal.

Fiquei orgulhoso de ver que o Poder Legislativo anapolinos tem avançado em todos os sentidos.

Nesse caso específico da linguagem simples, tivemos o privilégio de sair na frente no país, graças à parceria e sensibilidade da doutora Aline,

que abriu um diálogo, nos apresentou as vantagens desse projeto para a população, ressaltou Dominguinhos.

Segundo o presidente,

a iniciativa surgida a partir da proposta da juíza Aline mostra o compromisso com o cidadão. 

É uma luta incansável para ajudar as pessoas, para que todos possam ter entendimento do que é discutido por aqueles que ocupam os cargos públicos, disse.

De acordo com a lei de Anápolis, que leva o número 4.242, linguagem simples é o conjunto de práticas, instrumentos e sinais usados para transmitir informações de maneira clara e objetiva, a fim de facilitar a compreensão de textos e de comunicações, sem prejuízo das regras da língua portuguesa.

Além disso, o texto em linguagem simples apresenta ideias, palavras, frases e estrutura organizadas para que o leitor encontre facilmente o que procura, compreenda o que encontrou e utilize a informação.

Em Goiás,

Aline Vieira Tomás também foi pioneira ao propor a troca da linguagem rebuscada, o chamado “juridiquês”, por mensagens que respeitam a norma culta, mas que são escritas com estrutura simples, compreensível por toda a sociedade, independentemente de escolaridade.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Gildo Ribeiro

    Gildo Ribeiro é editor do Grupo 7 de Comunicação, liderado pelo Portal 7 Minutos, uma plataforma de notícias online.

    Artigos relacionados

    Botão Voltar ao topo