By: vereador Lisieux José Borges

Torcedor da Anapolina poderá ganhar Dia Municipal

Proposta está em tramitação na Câmara Municipal

Campanha de multivacinação para crianças e adolescentes começa nesta segunda (04)
4 de outubro de 2021
Sindicato sinaliza greve e prefeitura não vê momento para situação
11 de outubro de 2021

O projeto tramita nas comissões técnicas do Legislativo Municipal. Se seguir à frente, deve passar  por duas votações em plenário e, se aprovado, vai à sanção ou veto do prefeito Roberto Naves.

Prestes a completar 73 anos de história, a Associação Atlética Anapolina, também chamada de Rubra ou Xata, conquistou ao longo de mais de sete décadas uma verdadeira legião de apaixonados.

Torcedores que vão ao estádio, comemoram vitórias e sofrem com as derrotas. A torcida colorada é,
sem dúvida, um patrimônio do clube. Aliás, o mesmo pode se dizer para as outras agremiações, como
o Anápolis Futebol Clube e o Grêmio Anápolis, que têm também seus fieis torcedores.

No caso do torcedor da Xata, entretanto, o reconhecimento pode vir de forma diferente, caso seja
aprovado um projeto de lei que tramita na Câmara Municipal, de autoria do vereador Lisieux José
Borges (PT), um confesso torcedor da Anapolina.

A proposta apresentada por Lisieux visa instituir o Dia do Torcedor da Associação Atlética
Anapolina, a ser comemorado no dia 1º de janeiro, que é o dia em que o clube comemora o seu
aniversário de fundação.

Festival em Nova Veneza é considerado patrimônio cultural

https://portalcontexto.com/festival-nova-veneza-considerado-patrimonio-cultural/

A proposta é que a data conste no calendário oficial de eventos do Município. E, certamente, será
um dia de festa dedicada àqueles que são, na verdade, o motivo maior da existência de um time de
futebol.

Na justificativa do projeto, o autor, inclusive, menciona o apelido de Xata. Segundo ele, desde a
época do amadorismo, quando o time enfrentava adversários que eram teoricamente mais fracos e era
derrotado, enquanto que em jogos considerados difíceis, o time saia de campo com a vitória, se
reabilitando perante os torcedores.

Já em relação ao termo Rubra, a explicação fica por conta das cores predominantes no uniforme, o
vermelho e o branco, que foi uma homenagem ao primeiro time de futebol de Anápolis, o Bahia
Futebol Clube, que utilizava as mesmas cores.

O projeto tramita nas comissões técnicas do Legislativo Municipal. Se seguir à frente, deve passar
por duas votações em plenário e, se aprovado, vai à sanção ou veto do prefeito Roberto Naves.

By: Claudius Brito 

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.