NEGÓCIOS

Samsung faz acordo de leniência de R$811,8 mi com Brasil; Petrobras recebe maior parte

O acordo é parte de uma negociação global feita pela empresa com autoridades brasileiras decorrente da prática de crimes investigados no âmbito de contratos com a Petrobras

Roberto Castelo Branco se auto concedeu bônus milionário na Petrobras
22 de fevereiro de 2021
Com uso intenso do plenário virtual, STF faz “reforma tributária” silenciosa
23 de fevereiro de 2021

A Samsung Heavy Industries tem 30 dias contados da homologação do acordo pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF (5CCR) para pagar os valores que são objeto do acordo de leniência (Andrew Kelly/Reuters)

Autoridades brasileiras assinaram nesta segunda-feira um acordo de leniência com a empresa Samsung Heavy Industries (SHI), uma das maiores companhias do mundo de fabricação de navios, em que a empresa se comprometeu a pagar 811,8 milhões de reais.

Conheça os melhores investimentos na EXAME Invest Pro

O acerto, fechado pela Advocacia-Geral da União, a Controladoria-Geral da União e o Ministério Público Federal, é parte de uma negociação global feita pela empresa com autoridades brasileiras e norte-americanas decorrente da prática de crimes investigados no âmbito de contratos firmados com a Petrobras, segundo um comunicado oficial.

O acordo engloba também atividades de empregados, administradores, desligados ou não, sócios e acionistas de qualquer das empresas do grupo econômico integrado pela Samsung Heavy Industries, que já estão sendo investigadas em diversos procedimentos no âmbito da operação Lava Jato.

Pelo acordo, 705,9 milhões de reais serão destinados à Petrobras a título de ressarcimento e outros 105,8 milhões de reais para a União Federal, a título de multa prevista em lei.

A Samsung Heavy Industries tem 30 dias contados da homologação do acordo pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF (5CCR) para pagar os valores que são objeto do acordo de leniência.

Além do montante a ser desembolsado, a companhia também se comprometeu a aperfeiçoar mecanismos de controle e fiscalização, caso volte a negociar com o Brasil novamente.

Esse é o primeiro acordo de leniência celebrado no âmbito da Lava Jato no Paraná depois da integração com o Grupo de Ação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPF.

Com este acordo, chega-se a 18 o número de leniências celebradas, nos quais se ajustou a devolução de R$ 15,8 bilhões.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Protected by WP Anti Spam