Pingo nos ii´s:, By Contexto

Bastidores políticos e eleições 2022 em Anápolis e Goiás

Anápolis teve uma semana movimentada no campo político. A cidade recebeu dois políticos que têm os seus nomes cogitados para disputar o Governo de Goiás. Primeiro, veio Marconi Perillo (PSDB). Depois, Gustavo Mendanha (Patriota).

4ª edição da Feira de Arte Goiás anuncia galeristas e expositores e traz novidades
20 de maio de 2022
Cidade de Goiás volta a exigir uso de máscaras
24 de maio de 2022

Mendanha e Mrconi

– O ex-prefeito de Aparecida de Goiânia e pré-candidato ao Governo de Goiás, Gustavo Mendanha (Patriota), esteve em Anápolis na noite de quarta-feira, 18, participando de um encontro com empresários na Associação Comercial e Industrial (Acia).

 

– Diante de um auditório cheio,

ele discorreu sobre o trabalho que desenvolveu em Aparecida, destacando a política de atração de indústrias e geração de empregos, além de ações também na área da segurança, saúde e de tecnologia.

– No final de sua fala, Mendanha afirmou que “se tiver oportunidade, vou fazer muito mais do que aqueles que nasceram em Anápolis”. E, ainda, frisou que se disputar, vencer e assumir a governadoria, a cidade voltará a ter representação no primeiro escalão da Administração Estadual.

Eleições 2022

– O empresário Karim Abrahão tem o seu nome cotado para ser suplente na chapa do pré-candidato ao Senado, empresário Leonardo Rizzo (Novo).

– O ex-vereador Sírio Miguel está animado com a sua entrada no ninho tucano. E mais animado ainda para levar adiante o projeto de disputar uma vaga na Câmara Federal. Ele observa que o jogo está aberto, sobretudo, por conta das mudanças na legislação eleitoral.

– Terceiro maior colégio eleitoral de Goiás, o Município de Anápolis deve ter um papel decisivo no processo eleitoral desse ano, na disputa pela faixa de governador.

– O governador Ronaldo Caiado (UB), virtual candidato à reeleição, que é anapolino de nascimento, vai lutar para ter uma votação expressiva na sua terra natal. E os adversários, obviamente, vão entrar com força para tirar os votos.

 

Emoção

– Na quarta-feira (18), durante a sessão ordinária da Câmara Municipal em que foi aprovado o projeto do “Meu Lote, Minha História”, o vereador José Fernandes (PSD) pontuou algumas questões que o levaram a pedir vista da matéria. Fato que o levou a ser alvo de críticas de colegas.

– Entretanto, ele não só esclareceu os motivos do pedido de vista, como também registrou o seu voto favorável, de forma emocionada, uma vez que na infância ele era uma pessoa que hoje teria o perfil daqueles que poderão vir a receber um lote para ter uma moradia.

– Por conta do projeto que abre caminho para o programa “Meu Lote, Minha História”, azedou a relação da gestão do prefeito Roberto Naves (PP) com o PT.

Sobretudo, depois que o presidente da legenda decidiu buscar o Ministério Público para tentar “melar” o projeto.

– Apesar de tudo, na Câmara Municipal, os dois vereadores petistas- Lisieux Borges e Professor Marcos– são oposição, contudo, mantendo um relacionamento “republicano” com a atual Administração Municipal.

 

Movimentação tucana

– O PSDB deve ter uma nova movimentação em Anápolis, na semana que vem. Conforme adiantou o ex-governador Marconi Perillo, um evento vai acontecer na cidade para a apresentação de nomes de pré-candidatos a deputado estadual e federal.

– Durante a visita a Anápolis, Marconi se avistou com dezenas de lideranças políticas, não só do PSDB, mas de vários partidos.

– Dia D: O ex-governador Marconi Perillo, em entrevista à imprensa, durante visita a Anápolis na última terça-feira, 17, antecipou a data em que deverá anunciar oficialmente o seu projeto político para as eleições desse ano.

– Conforme disse, seu desejo é que seja no dia 25 de junho, data em que completa 20 anos do passamento de Henrique Santillo, que foi o seu “padrinho político”. Para Marconi, é uma data de muito simbolismo, pelo que Santillo fez como governador e ministro da Saúde, para Goiás e, em especial, para Anápolis.

– No Partido Social Cristão (PSC), pelo menos cinco nomes são cotados para disputar uma das 17 vagas de Goiás na Câmara Federal. Na lista do PSC tem o vereador João da Luz; o advogado e ex-diretor do Procon, Valeriano Abreu; o vice-prefeito Márcio Cândido. O cantor Samuel Santos e Nowhah Luiza, que atua na área cultural, fecham a referida lista.

By: Claudius Brito  

Kim: nome novo na “praça”

Vereador José Fernandes

Marconi: dia do anúncio

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.