Battisti:

"Lula é capaz de tudo para colocar de novo a faixa de presidente"

Ex-terrorista mencionou "cinismo político" do ex-presidente e culpou o PT pela vitória de Bolsonaro em 2018

Vereador Renato Freitas perde mandato na Câmara de Curitiba
23 de junho de 2022
Falta de acesso da defesa ao processo é ferida de morte no Estado Democrático de Direito
24 de junho de 2022

Battisti:. “Se Lula e o PT não tivessem comido tudo, se não tivessem feito acordo com todo o lixo do Centrão, o povo brasileiro não teria desistido para correr atrás de Bolsonaro.” Foto: Marcello Casal/Arquivo Agência Brasil

Detido na prisão calabresa de Corigliano Rossano, Cesare Battisti criticou Lula, em entrevista à Folha.

 

O ex-terrorista,

que passou mais de uma década no Brasil graças ao empenho do ex-presidente e do PT para lhe dar abrigo, reconheceu o esforço dos petistas, mas ficou incomodado após o pedido de desculpas de Lula, em rede nacional na Itália, no ano passado, por tê-lo mantido em solo brasileiro.

 

Ao falar

sobre o ex-presidente, Battisti disse que ele é capaz de tudo para voltar à Presidência da República e mencionou seu “cinismo político”.

“Todos sabemos que Lula é capaz de tudo para colocar de novo a faixa de presidente. O animal político que nunca se contradiz. Aconteceu também comigo de admirar seu cinismo político (no sentido vulgar do termo) e o extraordinário jogo de cintura”, escreveu Battisti, em uma carta.

Ainda na entrevista,

o ex-terrorista disse que o “extremismo idiota que impede o bom senso” e a “guinada desonesta” da esquerda contribuíram para a vitória de Bolsonaro na eleição presidencial de 2018.

“Se Lula e o PT não tivessem comido tudo, se não tivessem feito acordo com todo o lixo do Centrão, o povo brasileiro não teria desistido para correr atrás de Bolsonaro.”

Link original da matéria:
https://oantagonista.uol.com.br/brasil/battisti-lula-e-capaz-de-tudo-para-colocar-de-novo-a-faixa-de-presidente/ 

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.