Adega Reserva 35

Champagnes e espumantes vêem vendas explodirem neste ano

“A alta não se deu por conta do aumento no número de consumidores, mas pelo fato de que quem já gostava de champagne e espumante aumentou o consumo durante o período de isolamento social”

Cervejas para o fim de ano: dicas do sommelier
25 de dezembro de 2020
Quantos ovos comer por dia?
4 de janeiro de 2021

A venda de champagnes e espumantes experimentou uma alta considerável ao longo deste e chegou a subir 50% sobre 2019 hora de ter acesso na adega Reserva 35.

 

A venda de champagnes e espumantes experimentou uma alta considerável ao longo deste e chegou a subir 50% sobre 2019.

E o melhor:    neste período de Natal e Ano Novo, as vendas dessas bebidas estão 400% mais altas, informa o sommelier da recém-inaugurada adega Reserva 35, Aguinaldo Freitas.

Segundo ele, esse fenômeno tem duas causas: o aumento do consumo de champagnes e espumantes pelos já fidelizados apreciadores dessas bebidas durante a pandemia e a proximidade das festas de fim de ano.

“A alta não se deu por conta do aumento no número de consumidores, mas pelo fato de que quem já gostava de champagne e espumante aumentou o consumo durante o período de isolamento social”, explica. “O outro motivo é a proximidade das festas de fim de ano, quando praticamente todo mundo quer celebrar a chegada de 2021 com champagne ou espumante para despedir-se de um ano tão difícil como foi 2020”, explica Aguinaldo.

Segundo ele, o gosto do brasileiro, no entanto, não mudou em relação ao consumo de champagnes e espumantes.

“Essas bebidas não atraíram a atenção de novos apreciadores, ao contrário do vinho, que cada vez conquista mais público, mas o consumo delas aumentou sensivelmente em relação a 2019”, afirma. Tanto que atualmente estão faltando espumantes e champagnes nas importadoras. “Há vários rótulos em falta e não tenho mais como pedir vários deles”, revela Aguinaldo.

Outro fator que contribuiu para o crescimento da venda de champagnes e espumantes é que a tradição de se comemorar datas especiais como casamentos, celebração de bodas e noivados com essas bebidas se popularizou e mais eventos sociais, como os corporativos e inaugurações de lojas também passaram a oferecer champagnes e espumantes aos convidados.

Para o Natal e réveillon

E, já que as vendas de champagnes e espumantes explodiram, é de se imaginar que a grande maioria das pessoas não vai abrir mão dessas bebidas no Natal e, principalmente, no réveillon.

Para auxiliar aqueles que pretendem comemorar a data em grande estilo, desperdir-se comme il faut de 2020 e saudar a chegada de 2021, Aguinaldo sugere dois espumantes nacionais e três champagnes franceses que farão do Natal e do réveillon datas ainda mais especiais:

Espumantes nacionais:

Espumante Garibaldi (660ml)………………………………………………………….R$ 19,90

Espumante Garibaldi (750ml)………………………………………………………….R$ 29,90

Espumante Chandon (750ml)………………………………………………………….R$ 69,90

 

Champagnes franceses:

Champagne Moët & Chandon…………………………………………………………...R$ 349

Champagne Perrier-Jouet………………………………………………………………..R$ 350

Champagne Veuve Clicquot………………………………………………………………R$ 359

 

Sobre a Reserva 35

A Reserva 35 fica na 1.137, nº 35, no Setor Marista, em Goiânia, e tem como sócios os empresários Dyego Rocha, Felipe Lozzardo, Ibrahim Facuri e Rafael Lozzardo.

Inaugurada em outubro deste ano, a adega possui mais de dois mil rótulos de variadas bebidas, com destaque para os vinhos e champanhes provenientes de mais de 30 países, inclusive do Brasil. Além disso, o espaço comercializa queijos, defumados e pães, e dispõe de uma pequena mercearia.

Na Reserva 35, os clientes têm à disposição cinco sommeliers apaixonados por vinhos que estudam há vários anos sobre a enologia, com destaque para Aguinaldo Antônio de Freitas Júnior, que entre várias graduações possui formação pelo W-Set, a Wine & Spirit Education Trust, sediada em Londres, no Reino Unido, e considerada uma das maiores instituições sobre o ensino de vinhos no mundo.

Os clientes também encontram na Reserva 35 uma bancada de degustação de queijos artesanais finos e de pães de fermentação natural que ultrapassam os 45 itens.

São desde queijos da Serra da Canastra aos oriundos da Suíça e da Itália, bem como embutidos, que podem ser harmonizados com os melhores vinhos, além de molhos.

Para este fim de ano, a Reserva 35 está oferecendo, também, cesta natalinas com vinhos, champagnes, espumantes, gin, whisky e demais bebidas, que vão acompanhadas por itens como queijos, chocolates, geleias, castanhas, embutidos e até a novidade que chega em Goiânia e é exclusividade da Reserva 35, a amarena, uma espécie de cereja italiana.

A venda de champagnes e espumantes experimentou uma alta considerável ao longo deste e chegou a subir 50% sobre 2019 hora de ter acesso na adega Reserva 35.

A venda de champagnes e espumantes experimentou uma alta considerável ao longo deste e chegou a subir 50% sobre 2019 hora de ter acesso na adega Reserva 35.

A Reserva 35 fica na 1.137, nº 35, no Setor Marista, em Goiânia, e tem como sócios os empresários Dyego Rocha, Felipe Lozzardo, Ibrahim Facuri e Rafael Lozzardo.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe uma resposta