nos dias 21 e 22 de maio

Festival Paralelo Sonoro agita cenário musical de Anápolis

Para este ano, o festival ocorre em quatro datas distintas, sendo a primeira já neste fim de semana, nos dias 21 e 22 de maio, no viaduto da Avenida Brasil.

Marconi Perillo vai trabalhar recursos em prol de projetos da APAE Anápolis
18 de maio de 2022
Depois de anos de proibição, armas começam a ser fabricadas no DAIA
18 de maio de 2022

Com o fortalecimento do cenário da música autoral goiana como foco, o evento trará apresentações musicais, shows, oficinas, intervenções artísticas, feiras e conferências.

Completando 12 anos de história em 2022, o festival Paralelo Sonoro retorna depois de dois anos de pandemia.

 

Com o fortalecimento

do cenário da música autoral goiana como foco, o evento trará apresentações musicais, shows, oficinas, intervenções artísticas, feiras e conferências.

 

Para este ano,

o festival ocorre em quatro datas distintas, sendo a primeira já neste fim de semana, nos dias 21 e 22 de maio, no viaduto da Avenida Brasil.

 

Para Nowhah Luiza,

organizadora do evento, há três desafios nesta edição do Paralelo Sonoro.

O primeiro é um que faz parte da missão da realização: “ser vitrine para artistas locais, fomentar e consolidar um mercado da música autoral na cidade e construir propostas de ampliação do circuito estadual de cultura”.

Os outros dois desafios dizem respeito à ocupação da cidade e a retomada das invenções culturais que são aliadas do desenvolvimento econômico, social e da democratização dos espaços, da arte e da cultura.

 

São previstas

20 apresentações no palco do Paralelo Sonoro, com 16 sendo selecionadas através de seletiva aberta ao público. Os artistas concorrem a seis vagas para a apresentação final do festival, marcada para agosto e que trará nomes nacionais para a festa. Dentre os jurados que vão avaliar as bandas, estão João Lucas, produtor do festival Vaca Amarela; Vitor Cadillac, superintendente de Fomento e Incentivo à Cultura estadual; e Pedro Toschi, músico e colaborador do Coletivo Pequi e Joana Dark.

Festival de muita história

A primeira edição do festival Paralelo Sonoro aconteceu em 2009 recebendo inúmeros grupos e bandas. Velho Cerrado, Flavio Robbie, Evening, Lady Lanne, Chapéu di Paia, Novos Vinis e Santillo Rock são alguns dos grupos que passaram pelo palco do festival nesses 11 anos de fruição artística e musical.

Nomes do cenário nacional

também marcaram presença nestes 12 anos, como BNegão e seletores de Frequência, Fresno, Boogarins, Pablo Vittar, Gabriel Pensador, Carne Doce, Móveis Coloniais de Acaju, Francisco El Hombre, além dos internacionais como Perrosky (Chile) , Kumbia queers ( Argentina) , Billy Pilgrim (EUA), Papier Tigre (França).

Programação

Sábado 21/05

15h – Starzi
16h – Daniel Jesus
16h30 – Sadis Duo
17h – Verona Stranger
17h30 – Rural Killers
18h – Barabad Jones
18h30 – 3.600 Smiles
19h – Project Blues Band
19h30 – Lucas Lanne e a Locomotiva
20h – Amanda Canto Violado
20h30 – Arquirival (artista convidado)
21h – Os Cabra de Bigode + Bloco de percussão (artista convidado)

Domingo 22/05

15h – Roda de conversa
16h – Verbo da Vida Rap
16h30 – Oz4
17h – Ted Wlly
17h30 – Raffa Cirqueira
18h – Flethy
18h30 – Terra Incógnita
19h – Adôis
19h30 – Lucas Sena
20h – Búfalos no Laranjal (artista convidado)
21h – Moscoles (DF) (artista convidado)

Link original da matéria:
https://portalcontexto.com/festival-paralelo-sonoro-agita-cenario-musical-de-anapolis/

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.