Notícias / Lava Jato

The Intercept Brasil

Intercept divulga primeiro áudio de Deltan Dallagnol a procuradores; ouça

Um mês após o início dos vazamentos, site publica gravação do procurador comemorando veto do STF ao pedido da Folha para entrevistar Lula

Grupo de trabalho rejeita prisão em 2ª instância
9 de julho de 2019
Viatura da PM capota e deixa quatro policiais feridos na BR-060, em Abadiânia
9 de julho de 2019

Dellagnol: procurador orientou colegas a não divulgarem a notícia para não atrapalharem as investigações (Tomaz Silva/Agência Brasil)

São Paulo — O site The Intercept Brasil divulgou, no fim da tarde desta terça-feira (09), uma mensagem de áudio do procurador Deltan Dallagnol comemorando o veto do Supremo Tribunal Federal (STF) a um pedido do ano passado do jornal Folha de S.Paulo para entrevistar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, desde abril de 2018.

Essa é a primeira gravação em áudio divulgada pelo site desde que começou, há um mês, a compartilhar mensagens trocadas, obtidas por uma fonte anônima, entre o ex-juiz federal e atual Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, com procuradores do Ministério Público Federal. Segundo o veículo, o arquivo de som não passou por perícia.

Na gravação, o procurador informa a seus colegas que o ministro Luiz Fux, do STF, havia assinado uma proibição para que a entrevista de Lula fosse concedida ao jornal. Na ocasião, Dallagnol orienta os procuradores a não divulgarem a notícia, para que ela não atrapalhasse o andamento dos recursos judiciais.

A entrevista havia sido liberada em abril, mas depois foi proibida pela 12ª Vara Federal em Curitiba. Após disputas judiciais, o ministro Ricardo Lewandowski voltou a autorizar a entrevista, o que logo depois foi vetada por Fux.

O procurador envia as mensagens às 23:32 do dia 28 de setembro de 2018:

23:32:22 Deltan URGENTE
23:32:28 Deltan E SEGREDO
23:32:34 Deltan Sobre a entrevista
23:32:39 Deltan Quem quer saber ouve o áudio

Entenda os vazamentos
Desde o dia 09 de junho, o Intercept vem revelando uma série de conversas privadas que mostram Moro e procuradores, principalmente Deltan Dallagnol, combinando estratégias de investigação e de comunicação com a imprensa no âmbito da Operação Lava Jato.

Segundo as revelações, o ex-juiz sugeriu mudanças nas ordens das operações, antecipou ao menos uma decisão e deu pistas informais de investigações nos casos envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O site é de Glenn Greenwald, um jornalista americano vencedor do prêmio Pulitzer por ter revelado, em 2013, um sistema de espionagem em massa dos EUA com base em dados vazados por Edward Snowden.

Na semana passada, a revista VEJA revelou que Moro foi contra a delação do ex-deputado federal Eduardo Cunha.

Como as revelações vieram a público por reportagens, ainda será necessária uma extensa investigação, provavelmente conduzida pela Polícia Federal, para confirmar as implicações jurídicas.

O vazamento de informações sigilosas no âmbito da Lava Jato tem sido comum desde o início da operação em 2014.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Protected by WP Anti Spam