Política das Vacinas

Lewandowski mantém prazo de análise sobre importação da vacina Sputnik V

E o Canadá, apoia uso da vacina da Johnson & Johnson

‘Decisão judicial não pode me obrigar a tomar uma decisão ilegal’
27 de abril de 2021
Pacheco sinaliza que não irá obedecer decisão contra Renan
27 de abril de 2021

Sputnik V é o imunizante russo contra a covid-19 | Foto: Kevin David/A7 Press/Estadão Conteúdo

Ministro do Supremo Tribunal Federal negou pedido da Anvisa

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta segunda-feira,
26, o pedido da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para suspender o prazo dado
ao órgão para decidir se autoriza a importação de doses da vacina contra a covid-19 Sputnik
V, informa o portal G1.

Lewandowski já havia estipulado prazo até o fim de abril para que a Anvisa decida sobre a
importação excepcional e temporária de doses do imunizante russo. O ministro tomou a decisão
em ação protocolada pelo governo do Maranhão, que diz ter negociado 4,5 milhões de doses da
vacina produzida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia.

A decisão, segundo o magistrado, visa a garantir celeridade da imunização.

Link original da matéria:
https://revistaoeste.com/politica/lewandowski-mantem-prazo-de-analise-sobre-importacao-da-
vacina-sputnik-v/?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification-feed

No Canadá

Canadá apoia uso da vacina da Johnson & Johnson

Contra a covid-19, apesar de casos raros de coágulos. As primeiras entregas do imunizante
ocorrem esta semana no país

O Canadá afirmou, nesta segunda-feira, 26, apoiar a utilização da vacina da Janssen (Johnson
& Johnson) contra a covid-19, apesar dos relatos raros de coágulos sanguíneos, questão
identificada pela primeira vez em doses do imunizante da AstraZeneca.

O Ministério Federal da Saúde disse no Twitter que

“continua a considerar que os benefícios
da vacinação superam esses riscos potenciais muito raros e apoia a utilização das vacinas
Janssen e AstraZeneca no Canadá”.

(4/6) Como resultado, o rótulo do produto Janssen foi atualizado para informar os canadenses
sobre os sinais e sintomas de possíveis efeitos colaterais e quando procurar atendimento
médico imediato após a vacinação.

As primeiras entregas de doses de Janssen para o país da América do Norte estão previstas
para esta semana.

Link original da matéria:
https://revistaoeste.com/mundo/canada-apoia-o-uso-da-vacina-da-johnson-johnson-contra-a-
covid-19-apesar-de-casos-raros-de-coagulos/?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification-
feed

 

Canadá: benefícios da vacina da Johnson & Johnson superam riscos | Foto: Saulo Angelo/Futura  Press/Estadão Conteúdo

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe uma resposta