Notícias : Anápolis» Notícias

De 16 indicadores criminais

Só feminicídio aumentou. Roubo a bancos sem registro

Roubo a bancos não teve nenhum registro oficial.

PUBLICIDADE

Dados apurados pelo Jornal CONTEXTO junto ao Observatório de Segurança Pública do Estado de Goiás, revelam que dos 16 indicadores criminais listados na estatística, apenas o de feminicídio teve pequeno aumento.

Roubo a bancos não teve nenhum registro oficial.

Os dados pesquisados são referentes a 2023 e comparados aos resultados de 2022. Vale, entretanto, conforme consta na nota explicativa da SSP-GO, que os dados apresentados estão sujeitos a alterações, conforme o andamento de investigações ainda em andamento para apuração dos fatos.

De acordo com o levantamento, a única exceção foi quanto ao registro de vítimas de casos de homicídios, que passou de 55 em 2022 para 56 em 2023, com variação de +1,82%.

Quanto ao indicado de roubo a estabelecimentos bancários, a estatística não registrou nenhum caso, nem em 2022 e nem em 2023. Assim, são dois anos de incidência zero nessa modalidade de crime.

Nos demais indicadores, houve variações negativas, sendo as maiores: latrocínio, queda de 57,57%, com 33 ocorrências em 2022 e 14 ocorrências em 2022; roubo de carga, queda de 52,32%, sendo que o número de ocorrência reduziu de 86 em 2022 para 41 no ano passado.

Ainda, registrou-se queda considerável de ocorrências dos crimes de roubo a residências- 869 ocorrências em 2022 e 569 em 2023 (-34,52%); furto a transeunte- 10.931 ocorrências em 2022 e 7.342 em 2022 (- 32,83%); roubo a transeunte- 11.683 ocorrências em 2022 e 7.902 em 2023 (_32,36%).

Roubos a veículos caíram -29,67%, foram 1.473 registros no ano passado, contra 1.036 em 2022. Roubos a estabelecimentos comerciais reduziram de 880 para 642 na mesma comparação, com variação de -27,04%.

As ocorrências relacionadas a furtos em residências, caíram de 21.197 em 2022 para 17.041 ano passado (-19,61%). Furtos de veículos retrocederam de 5.559 para 4.533 (-18,46%) na mesma linha de comparação.

Furtos em comércio registram recuo de -14,56%, com 12.647 ocorrências em 2022 e 10.806 no ano passado.

Homicídios

Homicídios dolosos tiveram 1.185 ocorrências oficiais em 2022 e, no ano passado, esse número baixou para 1.046 (-11,73%).

O crime de estupro, teve queda de -9,89%, sendo que em 2022 foram 799 ocorrências, contra 720 em 2023.

Tentativas de homicídio registraram recuo de -6,83%, foram 1.829 anotações em 2022 e 1.704 ano passado.

Por fim, houve ainda queda do indicador de lesão seguida de morte, de -3,70% (27 ocorrências em 2022 e 26 ocorrências em 2023).

Observações

1- Fonte: Qlik Sense (Rai) Data de consulta – 23/01/2024;

2 -Os Dados apresentados neste demonstrativo estão sujeitos à variações, conforme o andamento das investigações em procedimentos policiais instaurados para a apuração dos fatos;

3- Na aferição do homicídio é considerado o somatório dos números de vítimas de homicídio e feminicídio;

4- Na aferição de tentativa de homicídio é considerado o somatório dos números de vítimas de tentativa de homicídio e tentativa de feminicídio;

5 – Na aferição do roubo a transeunte é considerado o somatório das ocorrências de roubos ocorridos em rua/avenida, praças e/ou parques ambientais cujas vítimas são pessoas físicas, excluindo os roubos de veículos com as mesmas características;

6 – Na aferição de roubo e furto de veículos é considerado o n° de veículos.

Por: Claudius Brito

Fonte: SSP-GO

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Gildo Ribeiro

    Gildo Ribeiro é editor do Grupo 7 de Comunicação, liderado pelo Portal 7 Minutos, uma plataforma de notícias online.

    Artigos relacionados

    Verifique também
    Fechar
    Botão Voltar ao topo