Educação / Últimas Notícias

CÁCERES

Implantação de projeto de eficiência energética na Unemat começa em julho

Projetos dessa natureza promovem o uso mais eficiente da energia elétrica pelos consumidores atendidos pela concessionária que recolhe os equipamentos substituídos e os descartam e reciclam.

“Glenn Greenwald mente e queria um cheque em branco da Globo.”
14 de junho de 2019
Condomínio horizontal de alto padrão tem lançamento simultâneo
14 de junho de 2019

“Faremos o projeto piloto em Cáceres, mas a expectativa é que os demais câmpus também sejam contemplados em edições futuras de Chamadas desta natureza”, explicou Sebastião.

Durante o período de férias acadêmicas da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), de 8 de julho a 4 de agosto, serão substituídos os aparelhos de ar condicionado de 23 salas de aula do câmpus Jane Vanini, por aparelhos do Sistema de Volume Refrigerante Variável (VRV).

Estas salas representam 72% das classes do câmpus. Também serão substituídas 90% das lâmpadas utilizadas na Cidade Universitária, no Jane Vanine e na Reitoria. A troca por lâmpadas de diodo emissor de luz, conhecidas como LED, mais eficientes energeticamente, iniciarão na Sede Administrativa.

O plano de trabalho foi apresentado na última quarta-feira (12) durante reunião de trabalho entre Unemat, Energisa e a Assessoria e Gestão de Energia e Sustentabilidade (Ages Consultoria). O próximo passo será a elaboração em conjunto do projeto executivo. Estarão a frente deste trabalho Alex Fabiano Souza (Energisa), Moacir Jurado e Cleiton Alencar (Ages Consultoria) e o professor e engenheiro eletricista, Marcelo Gouveia Sebastião, pela Unemat.

As melhorias sairão a custa zero para a Universidade uma vez que a Unemat foi selecionada pela Energisa, em 2018, pela Chamada Pública de Projetos (CPP) do Projeto de Eficiência Energética, realizado pelas Centrais Elétricas Mato-Grossenses (Cemat), empresa controlada pelo Grupo Energisa.

“Faremos o projeto piloto em Cáceres, mas a expectativa é que os demais câmpus também sejam contemplados em edições futuras de Chamadas desta natureza”, explicou Sebastião.

O projeto completo prevê troca de 46 aparelhos de ar condicionado na Unidade da Cavalhada do Câmpus Universitário Jane Vanini, em Cáceres, bem como a troca de um total de 1.400 lâmpadas tanto na Unidade da Cavalhada como na Cidade Universitária do Câmpus Jane Vanini, além da Sede Administrativa.

A Energisa investirá cerca de 1,3 milhões de reais para que a Ages Consultoria, no mercado há mais de 20 anos e com mais de 1.500 projetos de eficiência energética e de sustentabilidade, realize as substituições. A conclusão da implantação foi prevista para um período de nove meses.

Projetos dessa natureza promovem o uso mais eficiente da energia elétrica pelos consumidores atendidos pela concessionária que recolhe os equipamentos substituídos e os descartam e reciclam.

Para o pró-reitor de Planejamento e Tecnologia da Informação, Luiz Fernando Ribeiro, a implementação do projeto de eficiência energética proporcionará além da economia energética, uma economia financeira de investimento e custeio.

Após a substituição das lâmpadas e aparelhos de ar condicionado, a previsão é uma economia de 453 megawatts por hora/ano, o equivalente a cerca de 150 mil reais por ano. Ribeiro ainda aponta como benefício o balanço positivo socioambiental.

Ao substituir os sistemas Split e janela pelo sistema VRV há garantia de menor consumo de energia elétrica e manutenção, uma vez que no sistema VRV são ligadas duas ou mais unidades de evaporação de interiores a uma única unidade de condensação exterior.

No caso das lâmpadas LED, a inexistência de filamento possibilita que produzam menos calor e, por isso, a vida útil delas é maior.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Protected by WP Anti Spam