Notícias / Anápolis

Emprego Anápolis

Setor de serviços é o que tem o maior saldo de empregos formais em Anápolis

De janeiro a maio de 2019, o segmento teve 6.784 admissões e 5.767 demissões, deixando um estoque de 1.017 empregos formais mantidos.

Quebra-molas na BR-153 visam reduzir número de acidentes
5 de julho de 2019
Fundado oficialmente nesta sexta-feira, 05, o Rotary Club Anápolis
6 de julho de 2019

O setor de Serviço registra, até agora, o melhor desempenho no saldo de empregos com carteira assinada em Anápolis, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério da Economia. Reprodução

De janeiro a maio de 2019, o segmento teve 6.784 admissões e 5.767 demissões, deixando um estoque de 1.017 empregos formais mantidos.

A Construção Civil registrou o segundo melhor saldo para o período: 214 empregos mantidos. No ano, foram 1.584 admissões, contra 1.370 demissões. No terceiro lugar vem a indústria de transformação, com saldo de 133 postos de trabalho mantidos. No setor, foram 4.331 admissões contra 4.287 demissões. O saldo, no ano, até maio, é de 1.314 empregos com carteira mantidos.

Em maio, o melhor saldo foi, também, do setor de serviços: 89. Foram 1.320 admissões e 1.321 desligamentos.

A indústria de transformação vem a seguir, com saldo de 74 postos mantidos em maio, com 854 admissões e 780 desligamentos e, na terceira posição, o comércio registrou saldo de 13 empregos mantidos, com 777 admissões e 764 desligamentos.

Este ano, de janeiro a maio, Goiânia é o município com maior saldo de empregos mantidos: 3.089, seguido por Cristalina (1.642); Anápolis (1.314); Rio Verde (1.281); Goianésia (1.177); Formosa (1.038); Santa Helena de Goiás (791); Quirinópolis (645); Jataí (600) e Aparecida de Goiânia (585), na décima posição do ranking goiano.

No mês de maio, a liderança do ranking é de Itumbiara, com 376 empregos formais mantidos. Na sequência: Cristalina (346); Anápolis (193); Planaltina (122); Rio verde (116); Trindade (97); Quirinópolis (46); Santa Helena de Goiás (43); Minaçu (38) e, fechando a lista, Goiânia (31).

Desempenho por setor/maio 2019

Admissões
Serviços – 1.320
Indústria de Transformação – 854
Comércio – 777
Desligamentos
Serviços – 1.231
Indústria de transformação – 780
Comércio – 764
Saldo
Serviço – 89
Indústria de transformação – 74
Comércio – 13
Total/Maio 2019 – 193
Desempenho por setor no ano/2019
Admissões
Serviço – 6.784
Indústria de transformação – 4.331
Comércio – 4.278
Desligamentos
Serviço – 5.767
Comércio – 4.287
Indústria de transformação – 4.198
Saldo
Serviço – 1.017
Construção Civil – 214
Indústria de transformação – 133

Total/ano 2019 – 1.314
Fonte: CAGED/Ministério da Economia

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Protected by WP Anti Spam