o próximo a ser “despejado”?

CNN tenta "despejar" William Waack, jornalista tira satisfação com chefia e gera climão

Nos bastidores. Clima está tenso na emissora CNN Brasil

Ativismo do STF representa risco preocupante
16 de junho de 2022
‘Tiraram minha filha do nada’, diz mãe de menina que foi à umbanda
16 de junho de 2022

William Waack segue em sala exclusiva na CNN Brasil, pelo menos por ora – Foto: Reprodução/CNN Brasil

William Waack quase foi “despejado” de sua sala na CNN Brasil.

 

O episódio ocorreu

há duas semanas, quando o jornalista estava no local trabalhando e foi informado que deveria deixar o espaço, por ordem da direção, e passar a ocupar a redação compartilhada, como os demais colegas. O veterano foi tirar satisfações com a chefia e a reunião teve ânimos alterados, com direito até a ameaça de quebra de contrato. A reportagem é do portal Na Telinha.

 

O NaTelinha

apurou que William Waack reagiu irritado à ordem da direção da CNN Brasil. A sala que ele ocupa na redação é exclusiva, uma regalia destinada a pouquíssimos profissionais. O privilégio decorre do fato de que o jornalista sempre foi um dos principais nomes desde a fundação do canal de notícias no Brasil, em 2020.

 

Waack se recusou

a obedecer a ordem e questionou diretamente a direção da CNN. Após uma intensa discussão, ele venceu a briga e continuará ocupando sua sala, pelo menos por ora. O local é usado por ele para apurações especiais, conversas com fontes exclusivas e importantes nomes da cena política brasileira, com quem o veterano tem ligação direta.

 

Procurado pela reportagem,

William Waack não se manifestou. Já a assessoria da CNN Brasil afirmou que o jornalista, hoje aos 69 anos, passou a ocupar uma sala de terceiro no início da pandemia da Covid-19 por pertencer ao grupo de risco e evitar aglomerações com outros colegas de trabalho.

Link original da matéria:
https://www.brasil247.com/midia/cnn-tenta-despejar-william-waack-jornalista-tira-satisfacao-com-chefia-e-gera-climao-nos-bastidores?amp 

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Os comentários estão encerrados.